Catarse_Carnivora

O Catarse vem se consolidando como a principal ferramenta de financiamento para produção de HQs independentes. Desde que o primeiro projeto foi cadastrado no site, em outubro de 2011, os apoiadores contribuíram com R$ 1.437.624,00. Não por acaso, o Catarse ganhou neste ano o troféu HQMix de “Grande Contribuição”.

O valor é mais que o dobro do observado no último levantamento do Papo de Quadrinho, em agosto do ano passado (R$ 527,5 mil).

Atualmente, o site totaliza 123 projetos de HQ: 83 (67%) bem sucedidos, 27 (22%) não financiados e 13 (11%) em andamento (veja lista abaixo).

Caso os projetos em andamento se convertam em bem sucedidos, o financiamento total sobe para R$ 1.702.276,00.

O levantamento deste blog aponta algumas curiosidades:

Projeto mais bem sucedido: Cuecas pro cima das calças, da Rafael Koff (523% da meta de R$ 5.000)

Projeto mais caro: Combo Rangers, de Fabio Yabu (R$ 67.940 da meta de R$ 40.000)

Projeto mais barato: Zinecórnio 3, de Mayra Pascotto (R$ 300, da meta de R$ 210)

Projeto mais rejeitado: Valentin, o menino verde, de Denise Constantino (0,01% da meta de R$ 2.000). É também o projeto que menos arrecadou: R$ 20.

Os projetos abaixo estão em andamento e necessitam de apoio para financiamento:

Últimos dias

Jam Session: O Crime De Teishouko Preto, de Dani Baptista

Chacal: Os Crimes da Rua do Arvoredo, de Ton Messa

Novembro

Identidade, de Gabriel RS

Desenhos Óbvios Por Pessoas Clichês: O Livro, de Luiza Veras

Beladona, de Denis Mello

Carolina, Sua Vida Vai Ser Linda, de Luara Almeida

Nada Com Coisa Alguma, de José Aguiar

Barão Macaco, de Hector Lima

Fronteira Livre, de Milena Azevedo

Carnívora, de Péricles Júnior (imagem acima)

Dezembro

Aurora, de Felipe Folgosi

Peças, de Thiago Cascabulho

Quadrinhos Impossíveis – vol. 1, de Tiago Silva

Comentários