pnbe2015

O Programa Nacional de Biblioteca da Escola (PNBE) é um projeto do Ministério da Educação que adquire livros diretamente das editoras, via licitação, para abastecer as bibliotecas públicas das redes federal, estadual e municipal.

Desde que incluiu as histórias em quadrinhos entre os livros adquiridos, em 2006, o programa fez crescer o interesse das editoras pelo gênero – e, por tabela, abriu mercado de trabalho para roteiristas e artistas nacionais.

O MEC, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), lançou nesta segunda-feira (7) o edital para o PNBE 2015.

O acervo será composto por 390 títulos, sendo 195 para os últimos anos do Ensino Fundamental e 195 o para Ensino Médio – em anos pares, as compras se destinam aos primeiros anos do Fundamental e à Educação de Jovens e Adultos.

Os gêneros elencados são poema, conto, crônica, novela e teatro, romance, memórias, diário e biografia, clássicos da literatura universal e, claro, quadrinhos.

Editoras interessadas em participar do pregão têm até o dia 26 para se inscrever. Uma semana depois, precisam apresentar toda a documentação e os exemplares para avaliação.

Diferentemente de anos anteriores, o edital para 2015 não sugere que dará preferência aos quadrinhos que façam adaptação de obras literárias ou períodos históricos.

Como critério de seleção, diz o edital: “No caso das histórias em quadrinhos será considerado como critério preponderante a relação entre texto e imagem e as possibilidades de leitura das narrativas visuais”.

Para baixar o edital, clique aqui

Comentários