Capa Mundo dos Super-Heróis 42

A partir da edição 42, nas bancas de todas capitais brasileiras, a publicação passa a ter 68 páginas em vez das 100 anteriores. Em editorial, o editor Manoel de Souza explica que a mudança vai dar mais agilidade e evitar atrasos no lançamento. A diminuição refletiu no valor de capa: de R$ 14,90 para 10,90.

A principal mudança, porém, não está no formato em sim no conteúdo. “Como o espaço está mais curto, pretendo focar nossas reportagens ainda mais no universo dos super-heróis”, diz o editor.

Com isso, o conteúdo editorial retrocede ao posicionamento anterior a março de 2011, quando ampliou o mix para abordar outros produtos relacionados à cultura pop. Concentrar-se em super-heróis não significa limitar a cobertura aos quadrinhos. Outras mídias, como seriados, animações, cinema e jogos, têm espaço garantido na publicação.

Segundo Souza, os temas que passam a ficar fora da Mundo dos Super-Heróis (aventura, fantasia, ficção científica) serão tema de edições especiais ou até mesmo de uma nova revista da editora Europa.

A atual edição pode ser considerada uma transição. O seriado Guerra dos Tronos e os autores da nova graphic novel da Turma da Mônica (Vitor e Lu Cafaggi) dividem as páginas com sagas nos quadrinhos, bonecos de heróis da Hanna-Barbera e o videogame Injustice (com personagens da DC Comics).

Comentários