Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Vale o Investimento: Bolland Strips!

por Gabriela Franco, convidada do Papo de Quadrinho

Bolland-stripsBrian Bolland é um daqueles desenhistas que você adora, mas por alguma razão não conhece seu trabalho como devia.
A verdade é que todo fã e apreciador de quadrinhos deveria conhecer melhor os desenhos deste inglês de Butterwick, fã de Frank Zappa e Robert Crumb.

Seu trabalho chamou a atenção da indústria dos quadrinhos quando trabalhou em 1977 na revista 2000 AD, dando vida ao psicótico, e já conhecido do público, Juiz Dredd.500pxH_2000+AD+-+Stamps+fro

Bolland encabeçou a chamada “invasão britânica” na indústria de quadrinhos norte-americana nos anos 1980, e seus primeiro sucesso nos Estados Unidos foi a aclamada série Camelot 3000.

Seu traço clássico, aliado à beleza e o nível de detalhamento de seus desenhos, fizeram parte de capas que marcaram a DC Comics, editora de quem ele é parceiro há décadas.

Homem-Animal de Grant Morrison e Batman:  A Piada Mortal, em parceria com Alan Moore – série esta onde o artista também produziu as ilustrações internas – tornaram-se clássicos.

Mas pouca gente conhece seu trabalho autoral que está em uma série de tiras publicadas por editoras independentes.
São essas tiras que vemos em Bolland Strips!, álbum lançado recentemente pela Editora Nemo, uma chance excelente de conhecer melhor esse mestre das HQs.

Bolland Strips!, apresenta trabalhos curiosos de Bolland. Destaque para O Bispo e a Atriz, narrando a vida um casal inusitado formado por velho bispo aposentado e uma jovem atriz com quedas por roupas usadas que vivem em um calmo subúrbio londrino.

Já a segunda série de ilustrações são tiras em estilo mais cartunesco intituladas Sr. Mamoulian, sobre as desventuras de um homem de meia idade e que Bolland confessa conter alguns trechos autobiográficos. Completam a edição textos, ilustrações e histórias curtas.

Bolland Strips! tem o capricho já reconhecido da Nemo e apresenta um pouco mais do trabalho detalhista e irônico de Bolland. A HQ tem 96 páginas, capa dura colorida, miolo p&b; e preço médio de R$ 38,00 e vale o investimento!

Comentários

Previous

Homem de Ferro 3 faz US$ 175 milhões na estreia americana

Next

Exclusivo: Figurines da Marvel finalmente chegam a outras regiões brasileiras

5 Comments

  1. Alex

    A impressão ficou desfocada. Parece que foi utilizado um arquivo em JPG em baixa.
    Eu COMPRO quadrinhos porque não gosto de scans mal feitos que tem na internet. Mas nesse caso, acho que teria sido melhor piratear…

    • Alex, tenho a impressão (trocadilho involuntário) que só teu gibi está desfocado.
      Sugestão: se o SEU gibi estiver com problema de impressão, solicite a troca por um dos outros milhares que estão perfeitos.
      Abraço!

  2. Wilson

    Realmente é um material bacana, comprei e li boa parte.. é um tipo de leitura diferente do estilo americano tradicional.

    Bolland é um desenhista de primeira…

  3. Alex

    Társis, tenho a impressão que vc não manja nada de produção gráfica…

    • Então, Alex.. eu já tenho certeza de que tu é quem não entende nada do assunto.

      Em todo caso, fica a dica: peça para trocar o teu exemplar, ou faça valer teu direito e teus “conhecimentos” sobre impressão e exija teu dinheiro e volta.

      E claro, baixe teu scan se quiser.

      Abraço!

Deixe uma resposta

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019