adventuresofsuperman

Texto publicado originalmente ICV2 no dia 7 de março (versão original aqui) e reproduzido com autorização do site e do autor.

Por Andrew Iwamasa (*)

Deixe-me começar dizendo que acredito que todo mundo tem direito a ter sua própria opinião e a fazer o que quiser desde que não agrida outras pessoas (e, sim, eu sei que esta fronteira é subjetiva, mas, neste caso específico, quero dizer que acredito que se duas pessoas do mesmo sexo querem se casar, elas devem ter o direito de fazê-lo).

Dito isto, acho ridícula toda a repercussão que essa história envolvendo Orson Scott Card e o Superman vem recebendo. Agora Chris Sprouse deixou o título. (Estou mencionando isto porque fico triste que ele não vai desenhar a história e não por qualquer outra razão. Respeito sua decisão de não fazer parte de algo que está começando a parecer um espetáculo de circo).

Se assumirmos que Card é um profissional e que está apto a escrever uma história (ou várias) sem impor seus próprios pontos de vista, então qual diabos é o problema? Será que as pessoas realmente pensam que de uma hora para outra Superman vai ser contra o casamento gay? Alguémacredita que o editor permitiria que algo assim fosse publicado?

Eu já li uma porção de trabalhos de Card e nunca notei sua visão pessoal sobre este tema em nenhuma de suas histórias, ou concluí que eram romances para expressar qualquer tipo de ódio. As pessoas que estão tentando tirar Card do projeto não estariam fazendo a mesma coisa da qual o acusam? Mantendo a mente fechada e ameaçando alguém por causa de seus pontos de vista?

Ele não acredita nas mesmas coisas que você? E daí? Ele é um professional e um grande escritor. Eu concordo com ele na questão do casamento gay? Não, mas eu acredito em seu direito de acreditar no que quiser. Fico triste quando alguém usa sua notoriedade para expressar uma opinião baseada em medo ou pensamento estreito, mas se você realmente é contra o que ele diz, então não compre a revista quando for lançada. Ela não vai conter qualquer mensagem antigay, tenho certeza disso, e você provavelmente vai deixar de ler uma grande história. Mas tentar tirá-lo do título antes que ele tenha escrito uma palavra sequer é ser tão autoritário quanto as opiniões que ele emite.

Eu acabei de saber que a história foi colocada “em espera” e não será incluída no primeiro lançamento de Adventures of Superman. Isso é desanimador. No fundo, o que aconteceu é que um grupo de pessoas fez exatamente a mesma coisa com a qual costuma se indignar. Reprimiram alguém por causa de suas opiniões ou porque não acreditam no mesmo que ele (e eu quero reforçar que a história do Superman não tem nada a ver com aquelas opiniões, que Card não está usando o personagem para oprimir o casamento gay).

Como posso concordar com algo desse tipo? Eu espero que esta história venha finalmente a ser publicada e que as pessoas possam evoluir e admitir que há um punhado de gente diferente no mundo. Que só porque alguém acredita em algo diferente que você, ele não deve ser perseguido.

Obrigado pelo seu tempo e por ouvir minhas divagações…

 (*) Andrew Iwamasa é proprietário da comic shop Collector’s Corner Inc., em Midland, Michigan.

Tradução: Jota Silvestre

Comentários