Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Neonomicon, de Alan Moore, é banida de biblioteca nos Estados Unidos

A diretora-executiva do sistema de bibliotecas de Greenville, no estado da Carolina do Sul, decidiu retirar as duas cópias da HQ atendendo à reclamação de uma mãe.

Beverly James anulou a decisão um comitê que avaliou Neonomicon após a reclamação. O comitê havia sugerido manter o quadrinho no catálogo levando em conta “os reviews, listas de recomendação, a reputação do autor e o fato de o livro ter ganhado o prêmio Bram Stocker (concedido a obras de horror)”.

Antes de decidir pelo banimento, James leu Neonomicon e o considerou “desagradável”. Grupos em defesa da liberdade de expressão nos Estados Unidos vêm se manifestando desde o início da polêmica e consideram a decisão de Beverly James como “censura”.

O caso teve início em junho do ano passado, quando a mãe de uma adolescente de 14 anos reclamou do conteúdo erótico do quadrinho, escrito por Alan Moore e desenhado por Jacen Burrows.

A garota retirou Neonomicon da seção de livros adultos. As regras da biblioteca de Greenville permitem que maiores de 13 anos possam ter acesso a esta seção com um tipo especial de cartão, que contempla a autorização dos pais.

Por ocasião do lançamento de Neonomicon no Brasil, Papo de Quadrinho apurou que a Panini teve dificuldades em imprimir o livro na Indonésia e na China.

Também por aqui aconteceu um caso semelhante: em 2009, O Nome do Jogo, de Will Eisner, foi recolhida de uma biblioteca no Espírito Santo pelo mesmo motivo.

Neonomicon é uma homenagem de Alan Moore ao escritor H.P. Lovecraft e foi incluída na lista de Melhores HQs de 2012 do Papo de Quadrinho.

Comentários

Previous

Papo de Quadrinho elege os Melhores Livros de 2012

Next

As Melhores HQs de 2012 na opinião dos leitores

2 Comments

  1. F.

    “Efeito Protógenes”!
    Que ridículo…

  2. Moroni Machado

    incrivel como as pessoas dos anos 80 defende Alan Moore como se fosse um profeta.

    sinceramente ele usa altas dose de estrupo apenas para chocar porque simplesmente ele nao tem mais tanto argumento nem historia, ele só está fazendo o mesmo ciclo de ideias com uma diferente roupagem.

    além de ser um hipócrita, grande hipócrita. ele se auto denomina um genio mas náo sabe ler um contrato, depois fica 35 anos amargurado chorando porque nao ficou rico em watchmen, sendo que tanto a dc, como o filme QUIZ pagar ele. mas vende melhor ele ser o pobre cãozinho abandonado que, ser um domesticado.

    um cara que acha que before watchmen é uma afronta ao seu trabalho, enquanto ele pega harry potter e transforma num anticristo com a varinha em outro lugar . hipocrita

Deixe uma resposta

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2018