O Cavaleiro das Trevas Ressurge, que estreou na última sexta-feira (20) nos Estados Unidos, encerra a trilogia cinematográfica do Homem-Morcego dirigida por Christopher Nolan.

No final de semana de abertura, o filme arrecadou US$ 160,8 milhões nas bilheterias americanas. Em termos gerais, é a terceira maior estreia de todos os tempos, atrás de Vingadores (US$ 207,4 milhões) e Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (US$ 169 milhões).

Mas como os americanos gostam de estatísticas, já surgiu um novo recorde. O novo Batman registrou a maior bilheteria doméstica de filmes lançados sem a tecnologia 3D!

De todo modo, foi o filme mais visto no último final de semana, com 72% de todo o faturamento, e superou a bilheteria de estreia do segundo filme da franquia, O Cavaleiro das Trevas, que arrecadou US$ 158 milhões em julho de 2008.

Segundo o site ICV2, analistas estimam que o filme perdeu entre US$ 10 e 30 milhões em razão do trágico incidente ocorrido na noite de estreia do filme na cidade de Aurora, quando um lunático invadiu a sala de cinema e abriu fogo contra a plateia, matando 12 pessoas e ferindo outras 59.

A tragédia repercutiu em todo o mundo e levou o diretor Nolan e o elenco – Gary Oldman, Anne Hathaway e Christian Bale, entre eles – a emitir comunicados lamentando o acontecido.

Entre outras medidas em solidariedade às famílias das vítimas, anúncios do filme foram retirados da programação de várias emissoras americanas e a Warner se comprometeu a eliminar toda referência a armas de fogo nas peças publicitárias e trailers de O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

O estúdio também decidiu atrasar em um dia a divulgação da bilheteria do filme e suspendeu a exibição do trailer de Gangster Squad dos cinemas e da Internet. Várias ações de promoção do filme foram canceladas, como a pré-estreia em Paris e cerimônias com tapete vermelho no México e Japão.

No Brasil, O Cavaleiro das Trevas Ressurge estreia nesta sexta-feira (27).

Comentários