Sem muito alarde, sem um comunicado ou release para a imprensa (apenas algum movimento nas redes sociais), a editora colocou no ar um site em que anuncia a reformulação que fará em seu mix de revistas mensais, a partir do mês que vem, para acomodar o novo universo da DC Comics.

A Panini garante que lançará no Brasil os 52 títulos que resultaram da reformulação editorial promovida nos Estados Unidos em setembro do ano passado.

Para isso, vai zerar sua linha de revistas da DC e encaixar as histórias nos respectivos mixes. Por ora, o que foi anunciado é o seguinte:

Título brasileiro: BATMAN

Títulos americanos: Batman, Batman – The Dark Knight e Detective Comics

Título brasileiro: SUPERMAN
Títulos americanos: Action Comics, Superman e Supergirl

Título brasileiro: LANTERNA VERDE
Títulos americanos: Green Lantern, Green Lantern Corps e New Guardians

Título brasileiro: LIGA DA JUSTIÇA
Títulos americanos: Justice League, Justice League International e Captain Atom

Título brasileiro: UNIVERSO DC
Títulos americanos: Aquaman, Wonder Woman, Savage Hawkman, Fury of the Firestorm, Mister Terrific, OMAC e Blackhawks

Título brasileiro: A SOMBRA DO BATMAN
Títulos americanos: Batman & Robin, Batwoman, Batgirl, Catwoman, Red Hood and the Outlaws, Batwing e Nightwing

Título brasileiro: FLASH (NOVA REVISTA)
Títulos americanos: Flash, Green Arrow e Deathstroke

Outras cinco revistas serão lançadas exclusivamente em lojas especializadas de quadrinhos, em parceria com a Comix Book Shop e a Devir. Quatro, já anunciadas, chegam já no mês que vem, e a outra, só em julho:

Título brasileiro: NOVOS TITÃS & SUPERBOY

Títulos americanos: Teen Titans e Superboy

Título brasileiro: ESQUADRÃO SUICIDA & AVES DE RAPINA
Títulos americanos: Suicide Squad e Birds of Prey

Título brasileiro: UNIVERSO DC APRESENTA: DESAFIADOR
Títulos americanos: DCU Presents: Deadman

Título brasileiro: FRANKENSTEIN, AGENTE DA S.O.M.B.R.A
Títulos americanos: Frankenstein: Agent of SHADE

Assim, ficam contemplados 35 dos 52 títulos originais. Mesmo com a quinta revista exclusiva da Comix/Devir, faltariam umas quatro ou cinco novas publicações para fechar a conta.

Uma das perguntas é: será que o mercado brasileiro de bancas tem fôlego para isso? Há outras questões, mas levando em conta o esquema de divulgação até agora, as respostas só devem chegar mesmo na Super Power Con, primeira convenção de quadrinhos da cidade de São Paulo, nos dias 2 e 3 de junho.

A Panini é patrocinadora do evento e um dos dias (3) será totalmente dedicado à DC Comics. Os editores Levi Trindade, Alexandre Callari e Bernardo Santana integram um painel só sobre o Restart da DC no Brasil (nos próximos dias, Papo de Quadrinho vai publicar mais informações sobre a SP Con).

Comentários