Ou: a parceria de Mauricio de Sousa e Osamu Tezuka, finalmente.

Consta que o primeiro contato entre o mais bem sucedido quadrinhista brasileiro e o mestre japonês do mangá e do anime tem quase duas décadas.

Com a morte de Tezuka em 1989, o projeto de uma história conjunta ficou parado até um novo contato com a família, há dois anos.

O resultado deste encontro poderá ser conferido a partir de fevereiro na revista Turma da Mônica Jovem, com participação de toda a turma do bairro do Limoeiro e de saudosos personagens como Astro Boy, o leão Kimba e, claro, a Princesa Safiri. A trama em duas partes vai se estender até a edição do mês seguinte.

Infelizmente, o argumento é pra lá de batido: a preservação da Amazônia. Não gosto de criticar sem ler e entendo que Amazônia e meio-ambiente são temas com força para garantir publicação fora do Brasil.

Acontece que este editor anda meio cansado da ecochatice. E pensa que um crossover desta magnitude poderia explorar um pouco melhor o universo de fantasia e ficção de Tezuka.

Ainda em janeiro, em Turma da Mônica Jovem 42, sairá um teaser da aventura. A conferir.

Comentários