Desde que se instalou no País há pouco mais de dois anos, o grupo editorial português publicou alguns ótimos títulos em parceria com a brasileira Barba Negra, tanto estrangeiros (Cicatrizes, Koko be good, 676 Aparições de Killoffer) quanto nacionais (Emir Saad, Uma Patada com Carinho, Morro da Favela, Encruzilhada).

A editora lança, já neste mês de janeiro, a HQ iraniana O Paraíso de Zahra, de Amir e Khalil – os nomes são fictícios, criados para proteger os autores de prováveis perseguições políticas.

Publicada originalmente na Internet no início de 2010 em 12 idiomas, a narrativa parte de uma marcha nas ruas de Teerã por eleições presidenciais e segue acompanhando o drama de Zaha em busca de seu filho desaparecido durante a manifestação.

O Paraíso de Zahra é uma referência ao cemitério na região sul da capital iraniana, um dos possíveis destinos do filho de Zaha.

A HQ tem 272 páginas, formato 16 x 23 cm e preço de R$ 39,90.

Comentários