O trabalho da esposa do consagrado quadrinhista Robert Crumb não é totalmente desconhecido do público brasileiro. Uma HQ produzida em parceria pelo casal e publicada originalmente na New Yorker já saiu por aqui pela revista Piauí.

Essa Bunch é um Amor, que a Conrad acaba de lançar, é uma edição exclusiva para o mercado brasileiro. A maior parte do livro foi extraída de Love That Bunch, de 1990; o restante é de um trabalho mais recente, Need More Love, de 2007.

A HQ é uma espécie de autobiografia de Aline Kominsky-Crumb que, ao contrário do que muita gente pensa, já era cartunista antes de se casar com Robert Crumb, e considerada uma das principais expoentes dos quadrinhos undeground americanos.

No livro, Aline relembra de forma bastante transparente sua infância difícil, a perda da virgindade, os anos do movimento hippie, o casamento com Crumb – tudo por meio de seu alterego, a judia novaiorquina Bunch.

A edição brasileira traz, ainda, prefácio escrito por Harvey Pekar, autor da série American Splendor, falecido em 2010. Robert e Aline Crumb estiveram no Brasil no ano passado para participar da Festa Internacional Literária de Paraty (Flip) e num tumultuado encontro numa livraria em São Paulo.

A Conrad optou por dar ao livro um tratamento de luxo, com capa dura, 162 páginas coloridas e em preto e branco, e preço de R$ 49,90. Parece bastante razoável para uma obra desta importância.

Comentários