1- Sintonia fina
Uma das razões principais do sucesso do Universo Ultimante Marvel é a sintonia com o presente.

Na busca por tornar os gibis atraentes para jovens leitores, os roteiristas precisaram rever muitos os conceitos do passado.

Por mais esforçadas que sejam, as criações do universo Marvel convencional foram feitas ainda na década de 1960, e dos uniformes às personalidade de heróis e vilões, muita coisa estava, no mínimo, datada.

Sem desmerecer os clássicos, mas ao recriar todo o universo, foi possível usar os acertos de décadas e descartar alguns exageros e mancadas para oferecer ao leitor jovem um trabalho mais realista e, assim, cativar novos (e antigos) leitores.

A linguagem do Ultiverso é atual, as expressões de linguagem são as mesmas dos jovens de hoje, assim com as gírias, atitudes e roupas. Temas polêmicos como homossexualidade,  separação, relacionamentos, entre outros, foram introduzidos. O uso da internet e gadgets é comum. Enfim, nosso mundo atual está todo ali.

2 – Velozes e Furiosos
Se não todas, a grande maioria das versões dos super-herós Ultimate está melhor ou são no mínimo mais coerente do que os antigos super-heróis do universo Marvel tradicional. Em sintonia com dias atuais, eles heróis mais fortes ou mais humanos, e ainda de mais facil identificação com o leitor do que os próprios heróis antigos.

3 – Morrendo e aprendendo
Um dos maiores clichês dos super-heróis é que os mortos sempre voltam certo?
Errado. No universo Ultimate os mortos não voltam, nem mesmo a Fênix (hum.. tudo bem, ela pode voltar sempre, afinal é a Fênix!).

Isso dá uma sensação de ordem e, principalmente, de respeito com o leitor, já que as mortes não são fajutas ou criadas como os intermináveis e pavorosos caça-níqueis.

4 – Marvel Studios
Os acertos usados nestes gibis foram a principal matéria prima dos filmes da Marvel Studios, todos amplamente bem sucedidos e que levaram alguns super-heróis que antes eram do segundo escalão ao estrelato. De quebra, esses filmes criaram interesse e reconhecimento de um público amplo, muito além dos nerds leitores convencionais.

5 – Fashion descontrol
Ao recriar o universo Marvel, os ilustradores puderam atualizar conceitos visuais e, claro, os uniformes dos super-heróis. Embora existam muitos clássicos de sucesso, estes trajes tendem a ser extremamente cafonas. Tanto é verdade que a transposição literal para as telas do cinema se mostrou impossível.

Felizmente, os ilustradores de hoje são, em sua maioria, melhores do que os primeiros desenhistas, e deram uma boa melhorada no visual dos personagens. À primeira vista, isso pode até não parecer tão importante, mas o visual ajuda – e muito – a conquistar novos leitores.

Colantes espalhafatosos, cores berrantes, cuecas coloridas, capacetes em forma de penico, quase tudo teve fim – UFA! – nessas atualizações. Com visual mais coeso, ficou mais fácil levar a sério muitos personagens do universo Marvel.

Chega de cosplayer mal feito!

Comentários