No segundo final de semana de exibição, o filme sobre a origem da superequipe mutante ficou em segundo lugar, com uma arrecadação estimada em US$ 25 milhões, atrás de Super 8.

Deu a lógica. Apesar do grande volume de críticas positivas a X-Men: First Class, os nomes do diretor J.J. Abrams (Lost, Fringe, Star Trek) e do produtor Steven Spielberg ajudam a atrair a audiência.

Ainda assim, na comparação entre os finais de semana de estreia de ambos, os mutantes levam a melhor: US$ 55 milhões contra US$ 37 milhões de Super 8.

No acumulado, X-Men: First Class já faturou US$ 223 milhões, sendo que os US$ 124 milhões fora dos Estados Unidos ainda carecem de atualização. Nada mal para um filme com orçamento anunciado em US$ 160 milhões e com investimento em marketing relativamente baixo (se comparado a Thor, por exemplo).

No próximo final de semana, o quinto filme da franquia mutante tem mais uma batalha dura pela frente: na sexta, 17, estreia nos Estados Unidos Green Lantern, este sim um concorrente direto na preferência dos leitores de quadrinhos.

Comentários