Ninguém nega que Turma da Mônica Jovem seja um sucesso editorial. Fala-se em tiragem de 300 mil exemplares por edição, sendo que o número 4, em que há um “ensaio” de beijo entre Mônica e Cebola, teria ultrapassado os 500 mil.

São números impensáveis para o mercado brasileiro de quadrinhos.

Não será de espantar, então, se a edição 34, que chega às bancas dia 27, ultrapasse esta marca (a tiragem inicial anunciada já é de 500 mil exemplares).

Depois de algum suspense nas redes sociais (procure pela hashtag #sansãoprocura no Twitter), o próprio Mauricio de Sousa revelou em seu perfil no microblog que o casal finalmente iria engatar um namoro.

Na trama, Cebola decide declarar-se para Mônica por receio de perdê-la para outro garoto. O lançamento desta edição especial, com 132 páginas (R$ 6,90) e história completa, foi planejada para as vésperas do Dia dos Namorados.

A Panini não economizou. Além de deixar o trabalho nas redes sociais nas mãos de uma agência especializada, a publicação ganhará campanha publicitária que inclui promoção na Internet, flash mobs e anúncios em TV aberta e fechada, rádios, revistas e jornais.

Comentários