almodovar

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar será o presidente do júri do 70º Festival de Cannes. Ele sucede George Miller (Mad Max: Estrada da Fúria) na presidência do festival, que começa em maio.

Almodóvar é o mais popular cineasta a presidir o júri. Diretor de clássicos como Mulheres À Beira de Um Ataque de Nervos, Volver, Ata-me, Má Educação e inúmeros outros ele é conhecido por um cinema queer ligado a questões sobre sexualidade, desejo e família, sempre com humor e cores vivas que só Almodóvar consegue.

Ele respondeu ao convite do presidente do festival Pierre Lescure e do delegado-geral Thierry Frémaux com um comunicado: “Eu estou muito feliz de celebrar o Festival de Cannes no seu aniversário de 70 anos em uma posição tão privilegiada. Eu estou grato, honrado e um pouco emocionado. Estou ciente da responsabilidade que consiste em ser presidente do júri e espero estar à altura do trabalho. Só posso dizer que vou me devotar de corpo e alma a essa tarefa que é tanto um privilégio quanto um prazer”.

Cannes e Almodóvar têm uma relação antiga. O diretor espanhol já fez parte do júri quando Gerard Depardieu foi presidente em 1992 e esteve presente no pôster oficial na 60º edição, em 2007.

Ele também competiu quatro vezes na seleção oficial do festival: Tudo Sobre Minha Mãe, Volver (que conquistou prêmios de roteiro e de atuação para todas as atrizes do elenco), A Pele Que Habito e Julieta, no ano passado. Já Má Educação abriu o festival em 2004, fora de competição.

O Festival de Cannes acontece na riviera francesa entre os dias 17 e 28 de maio.

Sem mais artigos