Este foi o momento #Beychella no Coachella, que aconteceu nesse sábado (14) nos EUA. O festival escalou Beyoncé para o destaque desta edição do evento – e ela fez uma apresentação histórica.

Foi a primeira vez que uma cantora negra é a atração do Coachella, que existe desde 1999. “Obrigado por me deixar ser a primeira mulher negra a ser a headliner, Coachella”, disse Bey em um dos momentos mais impressionantes do show quando ela estava no topo de uma enorme pirâmide.

Beyoncé também fez uma reunião aguardada com seu grupo, Destiny’s Child ao trazer para o palco as cantoras Kelly Rowland e Michelle Williams. Elas apresentaram os hits “Say My Name”, “Lose My Breath” e “Soldier”.

Quem também apareceu no show foi Jay-Z, que tocou “Déja Vu”. Solange, irmã de Beyoncé, também fez uma participação especial na música “Get Me Bodied”.

Veja alguns vídeos:

No ano passado Beyoncé chegou a ser escalada como headliner do festival, mas ela cancelou a apresentação por conta de sua gravidez – segundo seus médicos era arriscado fazer uma performance tão grandiosa a poucos meses do parto. Agora, um ano depois, o show de encerramento do festival viu uma cantora no auge de sua forma e com a relevância artística e política ainda maior.

Sem mais artigos