O coco é uma das expressões artísticas mais importantes de Pernambuco e sua musicalidade tem muita autenticidade e energia. A banda Casas Populares da Br-232 pega o estilo e o coloca na roda junto com outros ritmos formando um resultado sonoro bem contemporâneo. Nesse programa a gente bateu um papo com Natália Lopes, que é uma das integrantes da banda e também cineasta. Ela dirigiu um curta-metragem sobre os mestres do coco no Estado.

Também falamos sobre a pesquisa que Natália desenvolveu em seu mestrado: ela analisou o chamado “cinema de mulher”, um evento ocorrido no Recife e que instigou um debate sobre a presença feminina no audiovisual. Natália é uma das idealizadoras do coletivo Quebrando Vidraças, que mais tarde deu origem ao movimento Mulheres do Audiovisual. A conversa foi bem massa.

O programa O Grito!FM é gravado nos estúdios da Universitária FM, no Recife e é exibido toda quinta, às 20h. Você pode nos ouvir através de nosso podcast em diversos apps com iTunes, TuneIn e Deezer. Salve nosso feed. A redação é de Paulo Floro, Fernando de Albuquerque e tem edição de Ivson Henrique.

Ouça:

Foto do post: Galeria Maumau.

Sem mais artigos