Da Revista O Grito!

Poucas bandas do rock alternativo tiveram tantos hits quanto o Cranberries entre os anos 1990 e 2000. Ajudado por produções caprichadas de videoclipes, que ganhavam alta rotação na MTV, a banda trilhou uma trajetória de sucesso com quatro álbuns seguidos bem sucedidos. A vocalista Dolores O’Riordan também tornou-se heroína indie de muitos adolescentes do período. Hoje, quando a banda lança seu aguardado retorno após 10 anos, relembramos as 10 faixas essenciais do grupo. Denuncie sua idade com a gente!

Leia a crítica de Roses, novo disco do Cranberries.


“Linger” (1993)
Ficou famosa por fazer parte da trilha de novela da Globo, A Viagem, o que trouxe a banda ao mainstream no Brasil.


“Zombie” (1994)
Maior hit da banda, bem ligado ao rock alternativo do início dos anos 1990 pós-grunge.


“Dreams” (1993)
Uma das primeiras baladas a estourar da banda e faixa básica para treinar a escola vocal de Dolores O’Riordan (ainda hoje presente em bandas ao vivo de bares meio mundo afora, que barra).


“Ode To My Family” (1994)
Carregada no drama, é uma das faixas mais depressivas da banda, que acabou se especializando em temas mais melancólicos, mesmo nas faixas mais pesadas. O clipe em preto e branco foi um sucesso na MTV em 1994.


“Salvation” (1996)
Saindo um pouco do melodrama, a banda soltou esse poderoso hit que fez sucesso em pistas de dança roqueiras no final dos anos 1990. Dolores também se afasta de sua pose de diva melancólica para uma postura mais rocker.


“When You’re Gone” (1996)
Outra balada da banda, com clipe preto e branco e Dolores em visual andrógino.


“Promisses” (1999)
No finalzinho da década, Dolores abraçou a loirice e o posto de diva rock mais longeva de sua geração. “Promisses” é uma poderosa faixa com o melhor estilo “chore e dance” do Cranberries.


“Ridiculous Thoughts” (1995)
Com participação do então ator mirim Elijah Wood, é uma das melhores faixas da banda e também seu melhor videoclipe.


“Just My Imagination” (2001)
No início dos anos 2000, Cranberries ainda conseguia emplacar hits no cenário pop, como essa ótima “Just My Imagination”


“Animal Instict” (1999)
Outro momento inspirado da banda, com super produção videoclíptica e, claro, mais um hit.

Sem mais artigos