Um alívio nessa temporada de premiações. Em tempo de luta por equidade de gênero e mais representatividade em Hollywood, o DGA Awards, o prêmio do Sindicato de Diretores, indicou Greta Gerwig, de Lady Bird e Jordan Peele, de Corra.

Leia Mais
Globo de Ouro foi um palco contra o assédio
BAFTA não indica mulheres para melhor diretor
Critic’s Choice Awards aclama A Forma da Água

Além deles também foram indicados Martin McDonagah (Três Anúncios Para Um Crime), Guillermo del Toro (A Forma da Água) e Christopher Nolan (Dunkirk).

Greta se une à Kathryn Bigelow, Sofia Coppola, Jane Campion, Barbara Streisand, Randa Haines e Lina Wertmuller como as únicas mulheres a serem indicadas ao prêmio do DGA. Bigelow é a única vencedora da história, com Guerra ao Terror.

A coisa piora ainda mais em relação aos diretores negros já reconhecidos pelo prêmio. Apenas três foram indicados ao DGA em mais de 70 anos de existência do troféu. Jordan Peele fará parte do grupo seleto que inclui Lee Daniels, Steve McQueen e Barry Jenkins.

Essas estatísticas gritam quando criticamos a baixa representatividade na indústria do cinema e servem como dado relevante para qualquer discussão. Ainda assim, tanto Greta quanto Peele têm sido preteridos nessa temporada de premiações, apesar do sucesso de seus filmes. Eles não receberam indicações ao Globo de Ouro e ao BAFTA, dois dos mais importantes prêmios do cinema.

Lady Bird foi um dos mais elogiados filmes de 2017 e entrou para a história como o mais bem avaliado pelo Rotten Tomatoes desde a criação do site. Já Corra foi ovacionado pela crítica e público e entrou na temporada de premiações com boa recepção, mas entrou em uma controvérsia ao ser indicado como “comédia” pelo Globo de Ouro. O longa, ao contrário, é um drama ácido e tenso sobre racismo na sociedade americana.

Resta saber se o Oscar vai seguir o DGA e indicar Peele e Greta por seus trabalhos ou irão perpetuar o histórico racismo/sexismo da indústria, que reconhece apenas homens brancos como diretores indicados.

Entre os principais preteridos no DGA este ano estão Steven Spielberg, de The Post e Luca Guadagnino, de Me Chame Pelo Seu Nome, que eram tido como certos. Outros nomes não conseguiram a indicação, apesar de estarem fortes na temporada, caso de Sean Baker, de Projeto Flórida, Dee Rees, de Mudbound e Joe Wright, de O Destino de Uma Nação. Ainda existia uma chance, ainda que pequena, para Patty Jenkins por seu trabalho em Mulher-Maravilha.

O DGA ainda apresentou os indicados a melhor filme de diretor estreante. O DGA Awards será entregue dia 3 de fevereiro. Veja a lista:

Melhor diretor de filme
Guillermo Del Toro, A Forma da Água
Greta Gerwig, Lady Bird
Martin McDonagh, Três Anúncios Para Um Crime
Christopher Nolan, Dunkirk
Jordan Peele, Corra

Melhor Diretor Estreante
Geremy Jasper, Patti Cake$
William Oldroyd, Lady McBeath
Jordan Peele, Corra
Taylor Sheridan, Terra Selvagem
Aaron Sorkin, A Grande Jogada

Sem mais artigos