O FIQ já nos bate à porta. Como um dos mais importantes festivais exclusivamente dedicados aos quadrinhos é de se esperar que grande parte dos quadrinistas e editoras aproveitem a exposição e grande circulação de pessoas para lançar suas novas produções por lá. Este ano o evento este ano terá 217 mesas e mais de 500 artistas, coletivos e pequenas editoras vendendo seus produtos por lá. Além disso estão programadas 60 sessões de autógrafos nos quatro dias de evento.

No meio de tantos lançamentos vamos aqui dar destaques para os lançamentos de HQs que chegarão ao FIQ. Esta lista, claro, não é definitiva e nem tenta fazer juízo de tudo o que estará por lá. Ela tampouco representa a totalidade de gibis lançados no festival. Por isso recomendamos fortemente que todo mundo que for ao FIQ circule, passeie, converse com os quadrinistas e compre muitos gibis. A descoberta de coisas totalmente novas e diferentes é uma das melhores coisas do FIQ (e de todo festival, aliás).

Antes de começar, aqui vai um agradecimento todo especial ao @gibifoda, que está fazendo uma divulgação incrível de HQs do FIQ este ano. Aliás, vocês já seguem essa arroba? Um dos melhores perfis de quadrinhos do Twitter e Instagram (é sério!).

Tentamos checar sempre que possível o preço das HQs, mas nem todas tiveram o valor divulgado até a finalização deste post. É bom checar lá na hora. ;)

O FIQ acontece em Belo Horizonte entre os dias 30 de maio e 3 de junho, com entrada gratuita.

Melina, de Rafael Torres
Nesta nova HQ de Rafael Torres, a personagem Melina passa por uma série de mudanças e isso faz com que ela seja perseguida pelas memórias da mãe.

qp, de Power Paola
QP apresenta a vida cotidiana de um casal narrada em tom intimista e sincero pela equatoriana Powerpaola. A autora escancara os quartos, ruas, cafés e florestas que ela, P, e seu companheiro, Q, vivenciaram. Da Austrália à Amazônia, o livro mostra conversas pessoais, alegrias, dúvidas e apertos de uma dupla nômade. Preço na pré-venda a R$ 35. Sai pela Lote42.

Garotos do Reservatório, de Celio Cecare e Fábio Cobiaco
Dois amigos que estiveram juntos durante a adolescência, se encontram na saída de uma penitenciária. Uma história de opostos, sobre relações humanas que se complementam de alguma forma. A HQ será lançada pela Mino.

Me Leve Quando Sair, de Jéssica Groke
Este é o primeiro quadrinho de Jéssica Groke e pela capa já vemos que chega com muita personalidade. A obra terá 40 páginas (preço não divulgado). A sinopse diz: “caminhos que escolhemos, espaços vazios e principalmente sobre fraternidade”.

Love Up!, da Omamori Studio
O Omamori Studio, um estúdio de ilustração e quadrinhos de Juiz de Fora-MG lança uma HQ sobre MMORPG’s como os famosos Ragnarok, World of Warcraft, Aion e muitos outros. O projeto Love Up! foi criado a partir das aventuras que os próprios autores, Sheila Bastos (ilustradora) e Rodrigo Dilon (roteirista e designer gráfico) vivenciam jogando seus jogos favoritos. Toda a contrução do mundo fantasia, criaturas e principalmente os personagens do quadrinho também são baseados em seus próprios personagens nos jogos online. 40 páginas e preço a R$ 30.

Aterro, de Roger Vieira
Roger Vieira, autor do ótimo Não Tenho Uma Arma, lança Aterro, uma história que traz um resgate do que viveu na infância. Segundo Roger, frases, situações e ruas que morou estão no quadrinho. “É uma visita ao meu passado e uma reflexão dobre o que passei naquele periodo. claro que tudo com doses de ficção”. A HQ fala de um menino que vive próximo a um canal que transborda e que traz pneus, membros humanos e peixes coloridos. O quadrinho terá 32 páginas com duas historias fechadas. Preço: R$ 20 (o valor é provisório, portanto vale checar lá na hora).

Sombras do Recife, de Roberta Cirne
A HQ nasceu a partir do site Sombras do Recife, que aborda as lendas e o folclore da cidade do Recife com sua vocação para o fantasmagórico. As histórias desse gibi se passam em diversas épocas e cenários, misturando fatos reais e ficção . Fala das assombrações, mitos, peculiaridades da cidade do Recife, com extensa pesquisa histórica de linguagem, vestimentas e cenários. O traço de Roberta é bastante detalhista e dramático e explora o tom gótico das histórias. A HQ tem 45 páginas e custa R$ 35.

Entrespaço, de Daniel Sousa
O que você faria se fosse enviado para a Lua em uma solitária missão de resgate? Como lidaria com a pressão se precisasse lidar com seus próprios demônios enquanto alcança a maior realização de sua vida? Essa é a proposta de Entrespaço, HQ que acompanha a jornada de um astronauta de primeira viagem. Daniel Sousa trabalha como ilustrador e designer gráfico há mais de 10 anos, e finalmente decidiu se dedicar à produção de quadrinhos. Entrespaço é baseada em um conto que escreveu em 2011 e é a estréia do autor nas HQs. A revista tem 38 páginas e custará R$ 25.

Desenredos, de Camila Loricchio e Pedro Vó
Desenredos é uma história em quadrinhos fruto da primeira parceria entre Pedro Vó e Camila Loricchio. A história nasceu de um protótipo de cena para uma peça, que foi caminhando e descendo as margens dos rios inspirada por uma música e uma poesia: Desenredo de Dori Caymmi e Paulo César Pinheiro e a poesia Na ribeira deste rio de Fernando Pessoa. O gibi tem 48 páginas e custará R$ 30.

Monstro Zine, de Thiago Egg
Thiago Egg se dedica diariamente (literalmente) a publicar novos monstros, com uma inventividade que parece não ter fim. Essa coleção de monstros estranhos e fofos agora ganha edição impressa. O zine infantil terá seu primeiro número lançado no FIQ ao preço de R$ 16. O autor também lançará por lá Amahoy, que saiu no ano passado.

Naruna – Uma história sobre esculpir travessias, de Mayara Lista
“Só se consegue navegar por essas águas com uma carranca na proa.” É o que dizem os pescadores da vila onde mora Naruna, uma aprendiz escultora de carrancas que está com problemas. Ela é incapaz de esculpir uma carranca como ela realmente deve ser: assustadora. Inspirada nas lendas ribeirinhas e na arte centenária das carrancas, a HQ explora o imaginário brasileiro, o que é sempre incrível de se ver.

MdM All New, All Different, All Rebirth & All Caralho a Quatro – Melhores do Mundo e muitos convidados
O novo gibi do MdM vai ter mais de 200 páginas, lombada quadrada e vai custar somente R$ 5. Nas palavras dos próprios: “MdM reafirmando o compromisso de se fuder e ferrar com o mercado de quadrinhos nacionais, de acordo com as inimiga”. A HQ também terá duas versões de capa, uma do Leo Finocchi e uma do Danilo Beyruth. Entre os colaboradores desta edição estão Eduardo Medeiros, Caio Oliveira, Daniel HDR, Rafael Lam, José Aguiar, Celina Sayaka e muitos outros.

Hell NO! – Os Diabos Tão Soltos (parte 2) – Leo Finocchi
Lei Finocchi, autor de Nem Morto (com dois volumes) retorna com a segunda parte de sua divertida série sobre um grupo de demônios adolescentes indo para o ginásio. O gibi sai pela Balão Editorial. Preço não divulgado.

Ânsia Eterna – Verônica Berta | Editora SESI-SP
“Ânsia Eterna”, “Os Porcos” e “A Caolha”, contos da renomada escritora Júlia Lopes de Almeida (1862-1934), serviram de base para o primeiro quadrinho da artista Verônica Berta, material lançado pela SESI-SP Editora. Suspense, tragédia e o grotesco são elementos que o leitor encontrará nas páginas dessa obra. Sai pela Esitora Sesi-SP e custa R$ 39,90.

Asfixiofilia, de Felipe Nunes
Sobre ter que tomar cuidado com a pressa do dia-a-dia, pode te dar brecha para muitas coisas insanas. Nova HQ de Felipe Nunes (O Segredo da Floresta, Dodô).

Quem matou o Caixeta? – Rainer Petter
Caixeta era um youtuber famoso e bastante polêmico que morreu em circunstâncias misteriosas. Com uma trama cheia de reviravoltas, essa HQ, além de outros assuntos, discute sobre preconceito, liberdade de expressão, discurso de ódio, machismo e intolerância. Afinal, quem é o culpado? Sai pela AVEC editora e custará R$ 39,90.

Basídio 2 – Dudu Torres, Rosemário Souza, Beto Martins, Alexandre Carvalho, Renata Rinaldi, Sidnei Silva, Laís Ribeiro, Lucca Alfinito, Max Andrade, Marcos Andrade
Basídio é uma antologia de quadrinhos que surgiu em 2015 movida pela vontade de alguns autores de criarem suas histórias. Em 2018 chega este volume 2. Os quadrinhos da revista passam pela ficção científica, terror, fantasia, realismo fantástico, entre outros. Participam desta edição Alexandre Carvalho, Beto Martins, Dudu Torres, Lucca Alfinito, Laís Ribeiro, Marcos e Max Andrade, Renata Rinaldi, Rosemário Souza e Sidnei Silva. Custará R$ 40.

Bendita Cura – Vol 1 – Mário César
Mário César é conhecido por seus trabalhos de forte representatividade LGBTQ. Agora ele lança Bendita Cura, que traz a triste histórias das violentas tentativas de reversão da homossexualidade. O personagem Aécio do Nascimento enfrenta dilemas desde a infância, os pais, aos desconfiarem de que o filho é gay passam a “tratá-lo”. Custará R$ 35.

Melaço – Lita Hayata, Aline Lemos, Dani Franck, Dika Araújo, Bruna Morgan, Jujuqui, Mtika, Talita Régis, Manu Negri
Doce, denso e grudento, retratação de amores de mulheres para com outras mulheres. A antologia foi viabilizada através de financiamento coletivo e traz as expressões de afeto e amor no sexo feminino. O valor no FIQ não foi informado.

Queda e Fogo, de Lalo
São dois gibis que chegam simultâneos ao FIQ. Queda é sobre uma queda, ou seja cair. Não tem nomes na queda, mas aparecem alguns pronomes. O gibi tem 62 páginas, mas muitos quadros estão sozinhos, é coisa da queda. Ela é rápida. Puft, caiu. Já Fogo, diz a sinopse: Uma brincadeira com a justaposição do texto de uma definição semi-cientifica do que é o fogo enquanto energia e da atração sexual de duas mulheres em um dia quente.

TILT, de Raquel Vitorelo
As aventuras de um cérebro quimicamente desequilibrado. Desde associações entre dor, visão e religião, até uma coleção de medos irracionais, esse gibi pretende explorar as próprias entranhas através de técnicas mistas e experimentais.

Som & Fúria, de Aline Zouvi
Zine de ilustração de 12 páginas sobre a história do teatro: a cada página, uma máscara diferente, desde o teatro grego até o atual. As ilustrações acompanham texto (trecho) adaptado de Macbeth, de William Shakespeare. Tiragem limitada, especial para o FIQ, valor: R$ 10,00.

Lado Bê Vol. 2: Na Pista, de Aline Lemos
A personagem Bê vivendo os dilemas sobre experiência e questionamentos em torno da sua sexualidade e identidade de gênero. Este é o novo gibi de Aline Lemos, conhecida pela HQ Melindrosa, presente no FIQ de 2015. Lado Bê sai todas as terças no Instagram e ganha agora publicação da Sapata Press.

Até Mais Ver, de Aureliano Medeiros
O potiguar Aureliano Medeiros segue com mais um gibi de sua série de obras bastante pessoais com Até Mais Ver, que lida como fato de precisar usar óculos.

Vira Lata – Número Um, de João B. Godoi
Coletânea com gibis curtos com um tom humorístico e tem até uma história “autobiográfica”. Com participação de Kainã Lacerda.

Black Dog, de Dave McKean
McKean, conhecido por seu trabalho em Sandman, é um dos destaques internacionais do FIQ. Esta nova HQ do autor é baseada na vida de Paul Nash, pintor inglês surrealista que combateu na Primeira Guerra Mundial. Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash aborda sobretudo esse período delicado e determinante na vida do pintor, que iria marcar profundamente sua produção artística posterior, e compõe, através das lembranças de Nash, um painel multifacetado e tocante sobre como a guerra e situações extremas nos modificam e como lidamos com toda a dor, a perda e o trauma que ela provoca. Sai pela Darkside Books e custará R$ 59,90.

Indomável, de Igor Marques e Lúcio Guimarães
O jornalista Igor Marques e o designer Lúcio Guimarães apresentam Indomável, quadrinho que conta a história de uma jovem trambiqueira que não perde uma oportunidade de dar um golpe nas pessoas a seu redor.

Abandonados por Helena
Um zine com gatos, porrada e pegação. Assim se apresenta Abandonados por Helena, zine de Gabriel Dantas, direto de Natal.

Boca do Lixo – Pornochancheiros
Jamal Singh (RN) lança Boca do Lixo – Pornochancheiros, HQ que sai pela série Trairy, da editora CJA. Os desenhos são de Wendell Cavalcanti e letras de Milena Azevedo.

Sem mais artigos