Ruby Dee e Denzel Washington

Oscar 2008: Ruby Dee é a segunda atriz mais velha a ser indicada ao prêmio

Ruby Dee, aos 83 anos recebeu sua primeira indicação aos Oscar pela interpretação da mãe do gangster Frank Lucas, em O Gangster. Claro que isso cheira a uma mea-culpa circustancial, típica da cerimônia da academia. Atuando desde 1939, Dee é atriz, escritora, poeta, jornalista e ativista dos direitos civis. Seu filme mais conhecido é O Sol Tornará a Brilhar (A Raisin in The Sun, 1961). Ela é a segunda mulher mais velha a ser indicada a um Oscar, só perde para Gloria Stuart, indicada aos 87 anos por Titanic.

Dee impressiona nas poucas cenas em que aparece em O Gangster. Sua presença tem imponência, em contraste com a fragilidade de sua idade. Em um momento marcante da película, ela se surpreende com a réplica de sua penteadeira dada pelo seu filho. Em outra, durante discussão, bate na cara do gangster mais poderoso do Harlem. Ela terá concorrentes de peso no Oscar deste ano. Além de Saoirse Ronan, garota de 13 anos, que atua em Desejo e Reparação, Cat Blanchett estará em seu caminho. Blanchett, que também concorre a melhor atriz por Elizabeth – A Era de Ouro, interpreta Bob Dylan no filme hype Eu Não Estou Lá (I’m Not There).

Favorito ao Oscar, O Gangster acabou sendo indicado a apenas duas tímidas categorias: melhor atriz coadjuvante e melhor direção de arte. Nesta última, o mérito é notório, já que o filme consegue traspor com exatidão a atmosfera, ambientação e figurino da Nova York dos anos 1960-1970. [Paulo Floro]

Sem mais artigos