A Revista O Grito! terá um estande na Feira No Ar, que faz parte do festival No Ar Coquetel Molotov, que acontece neste sábado (17) no Caxangá Golf Club, no Recife. Além de divulgar nosso site, a proposta é fazer mais um lançamento de nossa publicação especializada em quadrinhos, a Plaf.

Mas o mote deste ano é também celebrar outras publicações independentes como nós. Por isso o nosso espaço irá trazer revistas, livros e zines de várias partes do país.

Lembrando que o estande da Revista O Grito! também fará promoções, ações de divulgação e entrevistas com artistas.

Aqui selecionamos os principais destaques do nosso estande.

Plaf 2
A segunda edição da Plaf, a revista brasileira especializada em quadrinhos, traz capa e HQ inédita de Mascaro, autor fundador da Ragu. Tem ainda quadrinhos inéditos de Roberta Cirne, Felipe Portugal, Brendda Costa Lima e Jô Oliveira. Entre os artigos a revista traz entrevista com Marcelo D’Salete, autor de Angola Janga, um ensaio sobre as cidades famosas das HQs, uma reportagem sobre o mercado de quadrinhos, além de resenhas, infográfico e making of.

Também levaremos alguns exemplares da edição 1, que estava previamente esgotado. Essa edição de estreia tem capa de Lu Cafaggi e HQs de Raoni Assis, Caio Oliveira e João Lin.

Outros Críticos
A Outros Críticos atua desde 2008 com diversos projetos de crítica cultural. Para o nosso estande eles levam: Sobre Canções iluminadas de sol, de Carlos Gomes – Livro que traça pontos em comum entre o Tropicalismo e Manguebeat. Segundo o autor, sua obra é um misto de crítica e análise de criação. Eles também lançam O outro é uma queda, livro que comemora os 10 anos do projeto com textos de mais de 30 autores, como Jomard Muniz de Britto, Romulo Fróes, Renata Pimentel e Angela Prysthon. O livro abrange as áreas de Música, Literatura, Cinema, Artes Visuais, Dança, Teatro, Jornalismo e Crítica Cultural.

Por fim teremos Sobre Ninguém é perfeito e a vida é assim: a música brega em Pernambuco, de Thiago Soares. Professor e pesquisador na área de Comunicação, Thiago Soares une a escrita jornalística à acadêmica para debater sobre o brega pernambucano, de modo que analisa a música, a moda, estilos e demais aspectos culturais e sociais desse gênero popular híbrido. No livro também é possível conferir imagens que retratam parte do brega de Pernambuco a partir dos olhos do fotógrafo Chico Ludermir. A obra foi indicada ao 60º Prêmio Jabuti 2018 na categoria Economia Criativa, eixo Ensaio.

Revista Propágulo
A Propágulo é um projeto realizado com o objetivo de divulgar e promover artistas visuais de Pernambuco, principalmente jovens artistas que não possuem muitos mecanismos de divulgação. “Somos uma revista impressa com diversos conteúdos (entrevistas com artistas, colunas abordando temas das artes e galeria com obras de artistas convidados), a fim de enaltecer a produção local”, dizem os organizadores. O segundo número acaba de sair e estará disponível para venda no nosso estande.

Bendita Cura
Desde pequeno, Acácio do Nascimento era um garoto diferente dos demais. Preferia brincar de boneca a jogar futebol, o bambolê lhe interessava mais que carrinhos e pistolas de cowboy. Assustados com a possibilidade de seu filho ser homossexual, Mara e Galdino submetem Acácio desde os cinco anos de idade a diversos tratamentos para ele se tornar um menino normal como os outros. Neste primeiro volume da HQ de Mário César, acompanhe a infância e a adolescência de Acácio, a dificuldade de seus pais em lidar com uma questão que desprezam sem ao menos conhecer direito, as provocações de outras crianças na escola, o despertar de sua sexualidade e as cobranças para se encaixar nos padrões ditados pela maioria.

Ragu
A antologia em quadrinhos pernambucana Ragu foi uma das experiências editoriais mais inovadoras dos quadrinhos nacionais. Com planos de retornar no ano que vem, a revista ainda segue como um dos mais importantes repositórios de quadrinhos nacionais e estrangeiros. Estaremos com vários números da Ragu, além de gravuras originais de João Lin, um dos seus fundadores.

Quadrinhos de Roberta Cirne
Roberta Cirne é um dos destaques da Plaf 2. Ela é pesquisadora da tradição das histórias de terror do Recife e tem lançado diversos trabalhos com essa temática. Seu mais recente livro, Sombras do Recife, foi lançado no Festival Internacional de Quadrinhos, em Belo Horizonte. Ela prepara para o ano que vem mais um volume da série, além de uma participação da antologia de horror Gibi de Menininha.

Revista Nove
A Revista Nove é uma iniciativa de distribuição gratuita que tem condensado e difundido a Literatura e os Quadrinhos. A capa da segunda edição é assinada pela ilustradora Bárbara Machado, que estará presente no sábado vendendo outros de seus trabalhos como os artbooks “A Menina e o Guardião” e “Sereias”. Dentro do jornal, há dois quadrinhos de Marcos Santana e Márcio Saback na página 3 e de Bruno Alves na página 8. Uma das preocupações editoriais é trazer material feito por brasileiros, e em especial por aqueles que transitam no estado.

HQs de Roger Vieira
Roger Vieira é uma das novidades da renovação que vive a cena de quadrinhos de Pernambuco. Ele lançou este ano seu novo gibi, Aterro, que mostra a relação afetiva de um menino com o rio. Sua HQ longa mais conhecida, Não Tenho Uma Arma, foi escolhida como uma das melhores do ano aqui no site.

Sem mais artigos