O pintor norte-americano Robert Rauschenberg, um dos principais representantes da pop art e um dos artistas maiores do século 20, morreu aos 82 anos na Flórida. Várias de suas obras de arte contemporânea figuram no lote de vendas da casa de leilões Sotheby`s, entre elas Overdrive, tela colorida de 1963 com elementos do distrito financeiro de Nova York, avaliada entre US$ 10 milhões e US$ 15 milhões antes de ser divulgada a notícia da morte do artista.

No início dos anos 1950 em Nova York, ele reagiu ao expressionismo abstrato de pintores como Willem de Kooning e criou uma série de monocromos, White, black and red paintings. Utilizando em suas obras toda espécie de material – cordas, pedaços de tecido, objetos de consumo corrente –, era considerado o artista que assegurou a transição entre o expressionismo abstrato e a pop art. Desejava escapar dos rótulos, fosse pop art ou neodadaísmo.

Sem mais artigos