A retirada da MTV da grade de programação da Sky não só rendeu um contragendor desentendimento entre as duas partes diretas quanto acordou os verdadeiros gigantes dessa peração. O Grupo Abril (dono da MTV) acusa as Organizações Globo (que controla a Sky) de estarem usando o seu poder de veto na venda de serviços de canais de conteúdo fechado comercializados pela Sky.

O fato é que na aprovação da fusão entre Sky e Direct TV, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) proibiu o exercício do poder de veto da Globo na contratação de conteúdo nacional pela Sky. O Grupo Abril afirma que a Sky estava negociando a compra de dois canais da Abril, mas as Organizações Globo vetaram.

Em nota oficial, o Cade informa que abriu uma investigação para apurar a suspensão da transmissão do sinal da MTV pela Sky.

Sem mais artigos