toninho

O editor morreu nessa quarta (18) após um mal súbito, aos 62 anos, em São Paulo. Ele foi responsável pela , editora que nos anos 1980 foi responsável pelo impulso ao quadrinho underground no Brasil. Laerte, Angeli, Glauco, Fernando Gonsales, Luis Gê e Glauco publicaram revistas pela Circo.

Foi a Circo que tornou famosas tiras como Chiclete com Banana, Níquel Náusea, Piratas do Tietê e Geraldão. As publicações ganharam tiragens de milhares de exemplares e dividiam espaço com revistas de super-heróis e Disney e toda sua máquina de marketing. Um feito e tanto para a HQ nacional, sem dúvida.

“Se você gosta de quadrinhos brasileiros, é bem provável que tenha uma dívida com ele”, escreveu o editor André Conti no Facebook. A cartunista Laerte Coutinho também lembrou de Toninho no Fb, a quem chamou de “héroi do quadrinho brasileiro”.

Toninho editou recentemente pelo SESI-SP o livro , uma edição de luxo que narra parte da história da Circo Editorial com um vasto material.

humor

Sem mais artigos