O editor da Outros Críticos, Carlos Gomes, lança novo livro em que debate dois movimentos culturais importantes, mas distintos: a tropicália e o manguebeat. Canções Iluminadas de Sol será lançado em abril no Recife, São Paulo e Rio de Janeiro, sempre com participação de músicos e pesquisadores.

Reconhecidamente distintos, Tropicalismo e Manguebeat apresentam pontos em comum em suas trajetórias na história da música brasileira. Gomes estabelece um processo comparativo entre os dois movimentos culturais por meio das músicas de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Science & Nação Zumbi, Mundo Livre S.A e tantos outros que marcaram esses períodos históricos. O lançamento acontecerá no Recife, São Paulo e Rio de Janeiro, nos dias 14, 21 e 23 de abril, respectivamente, com participação de pesquisadores do tema, como Jomard Muniz de Britto, Fred Coelho e Lorena Calábria, e músicos como Romulo Fróes, Stela Campos e H.d. Mabuse.

Segundo o autor, sua obra é um misto de crítica e análise de criação. “A publicação não traz uma cronologia das canções. Eu também não me preocupo em falar da história dos dois movimentos porque isso já é muito conhecido. Meu foco é analisar como os procedimentos de criação das músicas se deram, como no Tropicalismo e Manguebeat, a ideia de devoração, a partir da Antropofagia de Oswald de Andrade, é retomada em cada um deles, no modo como se relacionam com os gêneros musicais, por exemplo”, afirma Carlos.

O livro, incentivado pelo Funcultura, terá seu primeiro lançamento no Recife às 19h na Galeria Maumau, com debate do autor com o poeta e cineasta Jomard Muniz de Britto, o pesquisador Paulo Marcondes Soares e o músico e designer H.d Mabuse, que no final da conversa fará uma apresentação musical. No dia 21, às 16h, o autor desembarca em São Paulo, para participar de debate com Romulo Fróes e Stela Campos, na Livraria da Vila. Já no Rio de Janeiro, o lançamento está marcado para às 18h do dia 23 de abril na Audio Rebel, com a participação de Lorena Calábria, Bernardo Oliveira, Fred Coelho e Domenico Lancellotti, que ao fim do evento fará o show do disco Serra dos órgãos.

Com tiragem de mil cópias, a publicação de Carlos Gomes, que vem desenvolvendo projetos de crítica cultural no Recife, traz um projeto gráfico desenvolvido por Fernanda Maia, designer do Outros Críticos, com colagens, ilustrações e trabalhos tipográficos de Beatriz Melo, artista visual e ilustradora. O posfácio do livro foi escrito por Paulo Marcondes Soares, professor da pós-graduação em Sociologia da UFPE, e a orelha tem assinatura de H.d. Mabuse.

Autor e debatedores do livro. (Priscilla Buhr/Divulgação).

Carlos Gomes é mestre em Comunicação pela UFPE e editor dos projetos do Outros Críticos. Autor do livro de contos Corto por um atalho em terras estrangeiras (2012) e dos livros de poesia, êxodo, vencedor do III Prêmio Pernambuco de Literatura (2016) e canto primeiro (ou desterrados) (2016), lançado em 2018. Canções iluminadas de sol foi desenvolvido por meio de sua dissertação de mestrado no período de 2014-2016.

Lançamento do livro Canções iluminadas de sol: entre tropicalismos e manguebeats, de Carlos Gomes
Recife – 14 de abril, às 19h
Galeria MauMau, Rua Nicarágua, 173 – Espinheiro
Com Jomard Muniz de Britto, Paulo Marcondes e H.d. Mabuse (que fará um show ao final do debate).
ENTRADA GRATUITA

São Paulo – 21 de abril, às 16h
Livraria da Vila, Rua Fradique Coutinho, 915 – Vila Madalena
Com Romulo Fróes e Stela Campos.
ENTRADA GRATUITA

Rio de Janeiro – 23 de abril, às 18h
Audio Rebel, Rua Visconde de Silva, 55 – Botafogo
Com Lorena Calabria, Bernardo Oliveira, Fred Coelho e Domenico Lancellotti (que fará o show “Serra dos órgãos” ao final do debate).
INGRESSOS: R$ 30,00 (Livro incluso gratuitamente).

Sem mais artigos