Começou o ano novo e já criamos uma nova playlist que será o repositório das músicas legais que escutaremos ao longo do ano. Assine essa playlist para ficar ligado em todas as novidades de artistas de todos os lugares e de todos os ritmos.

Acessa também nosso perfil no Spotify onde sempre atualizamos e postamos diversas playlists de tudo quanto é gênero. Dito isso, simbora ouvir as novidades desses primeiros dias de 2019.

– “Ill Wind”

Radiohead finalmente soltou para o streaming a música que eles incluíram como lado-B do último trabalho. De fato, o hype é justificado: a faixa tem peso, drama e sutilezas, ou seja, tudo o que esperamos do grupo. O modo como a harmonia vai ficando mais complexa e os instrumentos vão ganhando camadas para carregar a voz lamuriosa de , é de arrepiar. Depois ela sobe para um clímax para, enfim, esmaecer.

Lana Del Rey – “hope is a dangerous thing for a woman like to have. but i have it”

Lana Del Rey canalizou Sylvia Plath nessa música (inclusive citando a poeta literalmente) para falar sobre lidar com os próprios demônios, depressão, desilusão, mas com algo de superação ao final. Toda levada no piano e voz, a música tira a força da interpretação de Lana. Parece promissor o novo disco dela, a ver.

“Trevas”

Inspirado nos tempos loucos em que vive o Brasil, Jards Macalé retorna em grande estilo em seu primeiro single inédito em 20 anos. Melancólica e tensa, a música reflete sobre o período de obscurantismo que adentra o país com a chegada ao poder de pessoas inimigas da cultura, do saber, da diversidade e da livre expressão. A parte em que ele canta como se estivesse afogado é nada menos que incrível.

Outras faixas interessantes da semana.

e Normani -“Dancing With a Stranger”
Pop sexy e dançante que é o que esses dois novos artistas fazem de melhor.

Beirut – “Landslide
Mais uma faixa do novo disco de Zach Condom, que parece trazer um tom mais solar e dançante ao seu estilo.

Ibibio Sound Machine – “Tell Me (Doko Mien)
Esse grupo inglês segue canalizando todas as tendências dançantes da música africana embalada para as pistas mais modernas. Batida sincopada e muito groove nesse primeiro indicativo de que vem mais um bom disco por aí.

– “MAH”
A dupla voltou às raízes: batidão house com espírito roqueiro e uma base viciante que fica grudada no cérebro.

– “Housie”
A chilena Francisca Bascuñán é um dos nomes mais interessantes da música eletrônica atual e acaba de soltar o primeiro single do seu aguardado novo disco.

com Ty Dolla $ign – “Nights Like This”
Kehlani é a aposta do pop/R&B para 2019 depois de um bom disco lançado em 2017. Bem legal essa música, ainda que seja mais convencional que seus trabalhos anteriores.

ILoveMakonnen com Gucci Mane – “Spendin'”
Geral já estava com saudade de ILoveMakonnen, o rapper mais de boa do rolê (e um dos poucos queers assumidos do gênero). Seguindo as faixas divertidas e talhadas para a balada, “Spendin'” cumpre as expectativas.

– “More Than That”
Mais uma Fifth Harmony a estrelar carreira solo. E curtimos o caminho que Jauregui começa a seguir, indo numa proposta bem menos pop e mais R&B, com uma produção eletrônica bem sofisticada.

– “Plains”
Primeira música do aguardado novo disco do Deerhunter.

– “Juice”
A cantora do hit “Boys” está puro disco club setenta nessa faixa irresistível. Já ouvimos mil coisas parecidas? Sim! Mas segue sendo saborosa e divertida? Com certeza.

Sharon Van Etten – “Seventeen”
Van Etten retoma seu rock cheio de peso para novas faixas cujas letras trazem o peito aberto para falar de temas bem pessoais. “Seventeen” traz uma guitarra ainda mais distorcida e um vocal ainda mais nervoso e dramático. Lindo.

Sem mais artigos