Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O projeto ExcentriCidades, do Coletivo Sexto Andar, no Edifício Pernambuco inicia sua nova edição na próxima semana. A proposta segue a mesma: misturar as diversas linguagens artísticas.

Neste ano o evento recebe os músicos Siba, Juliano Holanda e Jam da Silva em um repertório baseado no álbum solo Avante (2012), de Siba. Conta ainda com Bruno Melo e Ubirajara Marinho, que compõem o Licor de Camarones, um projeto de discotecagem em tempo real de ritmos latinos, em que os “DJs-músicos” acompanham os sons com instrumentos de percussão como maracas, claves, cowbell e triângulo.

No campo das artes cênicas, o Sexto receberá o solo Tu sois de onde?, de Lineu Gabriel (Grupo Peleja), que sintetiza sua contínua pesquisa sobre as manifestações tradicionais da Zona da Mata pernambucana. Partindo de memórias pessoais e trazendo para a cena ferramentas corporais diversas, o espetáculo evidencia como fio condutor o convívio do intérprete com os caboclos-de-lança da Mata Norte do estado.

Além do solo de Lineu, teremos a performance inédita ANDADA, do artista Aslan Cabral, que terá cerca de uma hora de duração. A performance contará com uma andada de 20 la ursas humanóides que emitirão sons pelas ruas do centro do Recife.

O ExcentriCidades também trará um novo formato nesta sétima edição. Na próxima terça-feira (03 de fevereiro), o evento contará com a venda de senhas que limitam a lotação do espaço a 120 pessoas (duas senhas por pessoa e sujeito a esgotamento no dia). Com o valor do ingresso a R$ 10, vendidos a partir do 02.02 das 10h às 19h, a decisão foi tomada pelo Coletivo para a maior comodidade das apresentações artísticas no espaço e para a sustentabilidade do projeto.

Sem mais artigos