O podcast e cineclube Toca o Terror apresenta a terceira edição de sua mostra . Filmes de várias épocas, estilos e nacionalidades se encontram no evento que traz novidades da produção nacional de horror e clássicos do gênero dirigidos por nomes como Lucio Fulci e Francis Ford Coppola.

A mostra acontece no sábado (03 de junho) a partir das 22h no Cine Majestick, no bairro da Boa Vista, com ingressos vendidos na hora pelo preço de R$ 15,00. A proposta do Medonho é inspirada nas tradições das sessões “grindhouse”, bem comuns nos anos 70, em pequenas salas de cinema onde os espectadores assistiam exibições duplas, triplas ou “all night” de filmes repletos de sexo, violência, horror e bizarrices.

Quem abre a maratona é o longa O Despertar de Lilith, da brasileira Monica Demes, que traz no elenco a cantora Barbara Eugenia como a personagem-título. Esta é a primeira exibição do longa no Recife após ter passado por importantes festivais como o Fantaspoa e o BAFICI. Logo em seguida, o evento apresenta a estreia nacional de Ultima Puella“, produção do , que leva às telas a história da heroína dos quadrinhos Indianara em sua luta contra diversos inimigos.

Às 23h50, o Medonho apresenta outra obra nacional dirigida por uma mulher: A Menina Só, curta-metragem de Cíntia Domit Bittar. “É muito gratificante poder exibir o filme em festivais de destaque, propagando temas como feminicídio e misoginia, assim como o cinema de gênero mais experimental em uma paisagem pouquíssimo explorada na cinematografia brasileira”, conta a diretora, por e-mail.

O primeiro dos clássicos da mostra, apresentado à meia-noite, é Terror nas Trevas (The Beyond), do mestre do gore Lucio Fulci. O cineasta italiano não poupou o espectador de litros de sangue e cenas grotescas ao colocar na película a história de um casal que se muda para uma casa construída sobre um dos sete portões do inferno.

Já adentrando a madrugada, a mostra exibe Demência 13 (Dementia 13) dirigido e escrito por Francis Ford Coppola e produzido por Roger Corman. Filmado em nove dias com um orçamento estimado em 40 mil dólares, este longa foi uma das primeiras obras de Coppola, que anos mais tarde viria a ser conhecido pelas aclamadas super produções O Poderoso Chefão e Apocalypse Now.

Ao longo da programação, o Medonho ainda traz com exclusividade os curtas metragens brasileiros Um Dia É da Vida, O Outro da Morte, de Calebe Lopes e Balada para os Mortos, de Lucas Sá. O quarto longa da programação é O Maníaco (Maniac), um slasher de William Lustig que nos mostra um serial killer cruel, decadente e imprevisível sem romantizar seu protagonista.

Por fim, o último filme da maratona é o sci-fi mexicano A Nave dos Monstros. Alienígenas, viagens espaciais, robôs e vampiras de Vênus estão nesta película que parece até uma versão latina de “Plano 9 do Espaço Sideral” com uma missão de captura de espécimes masculinos para o segundo planeta de nosso sistema solar.

Produção da casa

Após rodar o país em várias mostras, festivais e até ser premiada na Espanha com seu curta Domingos (2015), a equipe do Toca o Terror estreia sua segunda produção sob a direção de Jota Bosco: Ultima Puella.

O curta é livremente inspirado na obra de Cláudio Zuccolotto apresentando uma versão de “carne e osso” de sua personagem Indianara que protagonizava uma HQ com o mesmo nome e lançada com tiragem limitadíssima no final dos anos 1970. Os poucos exemplares que restaram das HQs tornaram-se itens de colecionador e objeto de desejo de muitos fãs dos quadrinhos nacionais. Zuccolotto faleceu em 1983 sem ter seu único trabalho devidamente reconhecido.

Ao trazer Indianara pras telas do cinema, interpretada pela atriz Lígia Marina (Pazúcus: A Ilha do Desarrego, Bom Dia Carlos, Arrastradas) contracenando com vários integrantes do grupo Toca o Terror, Jota Bosco decidiu homenagear de uma forma divertida e ao mesmo tempo aterrorizante, o universo dos quadrinhos independentes de terror do Brasil nos anos 70 e 80. Criadores como Flavio Colin, Júlio Shimamoto, Rodolfo Zalla, Mozart Couto e Rodval Matias entre outros.

O curta que teve parte de seu financiamento obtido via arrecadação coletiva, já foi enviado para seus colaboradores e agora terá sua primeira exibição pública.

MEDONHO – ANO III
Local: Cine Majestick – Rua Princesa Isabel – Boa Vista, 142, Recife – PE

Data: Sábado – 03 de Junho de 2017

PROGRAMAÇÃO

22h00 – O Despertar de Lilith
(Lilith’s Awakening, 2016 – Dir: Monica Demes)

23h30 – Ultima Puella
(Ultima Puella, 2017 – Dir: Jota Bosco)

23h40 – Intervalo

23h50 – A Menina Só
(The Girl Alone, 2017 – Dir: Cintia Domit Bittar)

00h00 – Terror nas Trevas
(The Beyond, 1981 – Dir: Lucio Fulci)

01h30 – Intervalo

01h50 – Um Dia é da Vida, Outro da Morte
(The University, 2017 – Dir: Calebe Lopes)

02h10 – Demência 13
(Dementia 13, 1963 – Dir: Francis Ford Coppola)

03h30 – Intervalo

03h40 – O Maníaco
(Maniac, 1980 – Dir: William Lustig)

05h10 – Balada para os Mortos
(The Ballad of Death, 2016 – Dir: Lucas Sá)

05h30 – A Nave dos Monstros
(La Nave de los Monstruos, 1960 – Dir: Rogelio A. González)

Entrada: R$ 15,00 (À venda no evento | Sujeito à lotação)
Mais informações: www.tocaoterror.com | www.facebook.com/tocaoterror

Sem mais artigos