No Dia Internacional da Mulher, a cantora Karina Buhr foi além e colocou na internet um ensaio-manifesto contra o machismo. Incluindo o machismo-feminino. “Sexo Ágil” é uma publicação eletrônica com textos de Karina e fotos de Marcos Vilas Boas. Ainda participam Adriano Cintra, ex-CSS e a atriz Mariah Teixeira.

Nas fotos, Karina e outros artistas tiraram a camisa para pedir igualdade entre os gêneros. “Seu amigo fica sem blusa e você não”, diz um dos textos escritos na parede. Provocativa, as mensagens gritam dizeres como “dia internacional é a cabeça do meu pau”.

“As mulheres brasileiras estão fora da pauta de novo e sempre!! Por culpa dos brasileiros homens e mulheres. Por comodismo, por medo”, escreveu. “Pois que as mulheres brasileiras sejam menos machistas com urgência! Ou machistas coisíssima nenhuma”, completa Karina.

Além dela, participaram o ex-baterista do CSS, Adriano Cintra, a baterista de sua banda nova, Naná Rizinni, a atriz Mariah Teixeira e a cantora Marina Gasolina. A diagramação ficou com Camila Fudissaku. Foi, de longe, a coisa mais ousada e interessante que apareceu neste “Dia da Mulher”.

Sem mais artigos