O MUNDO EM CORES
Após oito anos como promessa do pop, Nina Becker lança dois discos ao mesmo tempo, Azul e Vermelho

Do enviado especial a Salvador

Nina Becker começou como cenógrafa de filmes e comerciais. Bem-relacionada, ingressou em projetos que deram muito certo na cena musical recente, o Orquestra Imperial e o 3NaMassa. Desse primeiro contato com a música até agora, foram oito anos. Tida como uma das promessas do pop nacional, Nina enfim, lança seu trabalho autoral. E serão dois discos de uma vez, lançados ao mesmo tempo, Azul e Vermelho.

A cantora carioca foi uma das atrações do festival Conexão Vivo em Salvador, ocorrido no último sábado (5), onde também se apresentaram as atrações pernambucanas Eddie e Otto, além de Do Amor e BNegão. Nina conversou com a reportagem após o seu show, que abriu as apresentações da última noite. “São discos-irmãos, um é fruto de um trabalho que venho fazendo com minha banda durante anos, e outro eu fiz no intervalo que demos por conta da turnê de Caetano [Veloso]”.

» Conexão Vivo: Otto “Dei uma rasteira no mainstream”

Alguns músicos da artista excursionaram durante a turnê do disco Cê (2006), de Caetano. “Quando eles voltaram, ficaram surpresos que encontraram um novo álbum praticamente pronto”, conta, rindo. Os dois serão lançados ao mesmo tempo, mas diferem na atmosfera, sendo um gravado ao vivo no estúdio e outro, mais intimista, o que já fica explícito no apelo cromático dos títulos.

O mais quente dos registros conta com a participação dos cariocas do Do Amor, revelação na cena independente, que também lança novo disco este ano. Nina é casada com o baterista da banda, Marcelo Callado.O resto da banda é formada pelo baixista Ricardo Dias Gomes e pelos guitarristas Gustavo Benjão e Gabriel Bubu. Eles também se destacaram na última noite do festival Conexão Vivo, no sábado.

O show de Nina teve todo mundo sentado em cadeirinhas à beira-mar, na praça Wilson Lins. Mesmo com o tamanho do público e do palco, ela conseguiu expressar seu estilo que equilibra doçura e sensualidade. Chegou até a se sentar no palco, ignorando a distância que estava das pessoas além das grades de proteção. Foi uma apresentação colorida, com o melhor de seus dois discos. [Paulo Floro]

Foto por Caroline Bittencourt

Entrevista Nina Becker no Conexão Vivo Salvador from RevistaOGrito! on Vimeo.

Nina Becker “Olha Eu Aqui” @ Conexão Vivo Salvador from RevistaOGrito! on Vimeo.

Sem mais artigos