Neon Neon (Foto: Divulgação)

MIX DE INCERTEZAS
Neon Neon mescla synth pop com porn rap.
Por Hiran Hervé

NEON NEON
Stainless Style
[Lex, 2008]

Neon Neon é o nome do novo projeto dos produtores Gruff Rhys (baixista do Super Funny Animals) e Boom Bip, produtor americano de hip hop. Stainless Style é o nome do disco que foi lançado há pouco, mas anunciado há cerca de dois anos. Todas as faixas ilustram a trajetória do engenheiro James Delorean, idealizador do design do carro da série cinematográfica, De Volta para o Futuro.

Do nome ao conteúdo, o álbum emana diferentes sonoridades oitentistas e o que parece ser mais um hit da estação, o club-rap. Quem diria que o som do hip hop americano flertaria de tal forma com synth pop retrô? O disco traz boas influências brit-pop, toque evidente de Gruff e as mãos de Boom sobre as batidas do rap. Para quem tiver o pequeno trabalho de conhecer um pouco de Boom Bip, vai perceber que suas produções não se limitam ao hip hop, mas também à música eletrônica.

Os destaques do álbum se estendem a “Raquel”, por sua indiscutível levada disco, “Dream Cars”, por sua suposta aparência sonora de um filme de John Travolta e “I Lust You”, por seus sintetizadores e lindo vocal de Cate Le Bon. Além desta parceria ainda participam do disco o Hot Chip, na boa “Trick for Treat” e as MCs Jwl. B e Shunda K, do Yo Majesty!, em Sweat Shop.

Mesmo considerando os bons extratos provindos de Stainless Styles, não há como não comentar a estranheza ou o “não-reconhecimento” de estilos tão avessos postos em lista. O álbum parece se dividir em duas partes, uma claramente com toque de porn rap e a outra com synth pop. Se tais estilos agradam em proporção semelhante, é uma ótima pedida. Mas se apenas um agradar, vale a pena.

NOTA: 6,0

Neon Neon e Cate Le Bon – I Lust U

Sem mais artigos