Foto: AFP/Reprodução

Um dos maiores divulgadores do cinema latino-americano, o cineasta cubano Humberto Solá, morreu nesta quarta-feira em Havana, aos 66 anos, informaram fontes oficiais. “A arte e a cultura de Cuba, em particular o cinema, perderam um de seus mais importantes e dedicados criadores”, destaca uma nota do Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica (ICAIC), que não informou a causa da morte. O cineasta foi autor de vários filmes realizados na Ilha, como Barrio Cuba, Manuela, Lucía, El siglo de las luces, Miel para Ochún e  Un hombre de éxito.

Sem mais artigos