MARVEL MAX 41
Panini
[100 págs, R$ 6,90]

Genial é a palavra para descrever esta obra-prima do bizarro. Marvel Zombies, de Robert Kirkman mostra os heróis marvel como zumbis famintos devorando todos que encontram pela frente. As cenas são espetaculares e absurdas, como Magneto sendo comido por dezenas de heróis, inclusive o Hulk, que ao se transformar em Banner tem a barriga rasgada por ossos de Magneto. O roteiro não é nada surpreendente mas é inusitado e politicamente incorreto como a Marvel nunca foi. Com isso, a Marvel Max volta a ser o melhor investimento da Marvel em bancas. Esquadrão Supremo aumenta a tensão entre o grupo de seres mais poderosos da Terra em sua missão no Oriente Médio. Straczynski retoma sua bem feita crítica à política mundial, depois de várias mini-séries chatas derivadas de Poder Supremo. E Garth Ennis continua mestre em seus personagens casca-grossa, beirando o genérico (Fury, Justiçeiro, etc), mas abusa da violência com inteligência. [Paulo Floro]

NOTA: 8,0

Sem mais artigos