Red Bull Batida Vertical em Olinda, reuniu diversos nomes de vários estilos (Foto: Divulgação)

O duelo de ritmos Red Bull Batida Vertical, que aconteceu no prédio da Prefeitura de Olinda, no Sítio Histórico de Olinda deu vitória para o manguebeat, comandado por Fred 04 e Leo D. O Eletromelody de Belém do Pará, também conhecido como Tecnobrega, e o Funk do Rio de Janeiro e o Hip Hop de São Paulo também concorreram.

No primeiro deles, o da Batida Clássica, no qual cada atração toca um clássico de seu repertório, a vitória foi da Gang do Eletro com “Galera da Laje”. Na sequência, foi a vez da Batida do Coração, vencida pelos músicos do Manguebeat com “Meu Esquema”, que contou com a participação de Maestro Forró. Na etapa Batida pra Sacudir, o Funk carioca levantou a galera e ganhou com a música “Taca Fogo”.

Red Bull Batida Vertical em Olinda, reuniu diversos nomes de vários estilos (Foto: Divulgação)

No quarto round, Batida Cover, os músicos do Hip Hop paulistano apresentaram uma versão de “Beco”, sucesso dos Paralamas do Sucesso, e levaram a melhor mesmo depois do Funk atacar com uma versão tamborzão para o clássico “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga, cantada em coro pelo público.

Como cada ritmo venceu um dos quatro rounds, o desempate ficou para a quinta e última etapa chamada freestyle. O Manguebeat veio com “Sambaesquemanoise” e levou o título de campeão.

Do Rio de Janeiro, participaram os MCs Dughettu e Sabrina, além do DJ e produtor musical Grandmaster Rafael. O Hip Hop de São Paulo foi defendido por Lurdez da Luz, Basa e Jeff Bass. Já a Gang do Eletro – com Keila, William Love, Maderito e DJ Waldo Squash – representou o eletromelody de Belém.

O evento teve entrada franca.

Sem mais artigos