Avril Lavigne

A princesinha punk-pop, Avril Lavigne, criou fama criticando artistas que abusavam da sensualidade. Agora ela mesma é a prova do próprio veneno. O governo da Malásia cancelou o show que a canadense faria no próximo 29 de agosto alegando que a garota é sexy demais.

Um porta-voz do governo malaio disse: “É sensual demais para nós… não é uma boa influência para o nosso público”. Essa não é a primeira vez que artistas ocidentais têm problemas burocráticos com países asiáticos. Gwen Stefani e as Pussycat Dolls também já foram proibidas de se apresentar na Malásia.

Sem mais artigos