Rockzinho dançante, aquela coisa de sempre

Foto: Divulgação/ James Perou

LOS CAMPESINOS
Sticking Fingers into Sockets EP
[Arts & Crafts/Wichita, 2007]

Sem disco lançado, a banda de Wales, Los Campesinos promove o velho furor indie entre a imprensa britânica. O som dos rapazes repete a história dos sortudos e talentosos que ganham páginas de semanários de música antes da estréia em disco.

O Los Campesinos posa de descolado e engraçado, do nome da banda (“os fazendeiros” em espanhol) ao sobrenome dos integrantes (todos se chamam Campesinos). Formado na faculdade, assinaram com o selo Wichita, o que confere moral na cena alternativa britânica aos novatos.

O novo EP Sticking Fingers into Sockets, lançado pelo minúsculo selo Arts & Crafts é o segundo da banda (o primeiro foi Hold On Now, Youngster, em 2006) e credencia o grupo ao time de novas bandas promissoras. Sem muito a dizer além do rockzinho dançante, o Los Campesinos não instiga curiosidade para o primeiro disco (como aconteceu com o Klaxons depois de elogiados EP’s).

O disco é bem produzido e revitaliza a cena colegial inglesa com a atenção que a banda vem recebendo da crítica. “Don´t Tell Me To Do The Math(s)” tem bons acordes e uma base criativa, mas dificilmente será um hit memorável. “You! Me! Dancing!” tem letra bem sacada e hedonista. Pouco a dizer sobre uma banda que ainda não apareceu. Difícil dizer o que esperar dela, tendo por base um disco tão irregular como este [Paulo Floro].

NOTA: 5,5

Sem mais artigos