Filme chegará em DVD no segundo semestre. (Divulgação).

Filme chegará em DVD no segundo semestre. (Divulgação).

O filme pernambucano , de Hilton Lacerda, atingiu uma marca pouco alcançada para produções nacionais: está há 20 semanas em cartaz. No Recife, o longa ainda é exibido no Cine São Luiz, no Centro.

Leia Mais
Tatuagem: amor, sexo e crítica social

Desde que estreou no Cinema São Luiz, em janeiro, Tatuagem atraiu mais de seis mil pessoas. Somado ao público do Cinema da Fundação, UCI e Cinemark, onde esteve em cartaz em 2013, mais de 12 mil pessoas assistiram ao filme nos cinemas do Recife. No Brasil, o público foi de cerca de 22 mil ingressos, segundo dados coletados pelo site Adoro Cinema.

O produtor João Jr. atribui a longevidade nos cinemas ao fenômeno da “cauda longa”, em que produtos se adaptam a nichos de mercado. “Isso só está sendo possível porque existem salas com compromisso na cidade. O público que tem ido ao São Luiz é em sua maioria jovem e morador de bairros periféricos”, disse, por email.

Tatuagem estreou em circuito comercial em 2013. (Divulgação)

Tatuagem estreou em circuito comercial em 2013. (Divulgação)

O longa mostra um grupo de atores em Olinda nos anos 1970, que utilizam espetáculos escrachados como afronta à repressão da ditadura militar. Nesse contexto, o soldado Fininha () se apaixona pelo líder do grupo, Clécio ().

Em 2006, Cinema, Aspirinas e Urubus ficou dez meses em cartaz em uma única sala de São Paulo. Com isso, atingiu um público de 150 mil pessoas e se tornou a maior bilheteria do cinema pernambucano.

Home vídeo e streaming

A REC, produtora do filme, prepara a versão em DVD do filme para o segundo semestre. O longa já está disponivel para download ou aluguel no iTunes.

Sem mais artigos