MENINO DE LUGAR NENHUM
David Mitchell
[Companhia das Letras, 407 páginas,R$ 58,00]

Situado entre os jovens escritores britânicos talentosos, David Mitchell, 39 anos, conta neste quarto romance – primeiro publicado no Brasil – a história de um garoto que vive numa cidadezinha do condado de Worcestershire, na Inglaterra, prestes a completar 13 anos e em plena crise de pré-adolescência, com os típicos problemas na escola e as inevitáveis brigas com os pais. Com traços autobiográficos, a ação se passa logo após a Guerra das Malvinas e em meio à recessão do início da era Margareth Thactcher. Trata-se de um romance de formação cheio de lirismo e humor, em que se acompanha o amadurecimento de um garoto inteligente e sensível em busca de si mesmo. A obra foi finalista do Man Booker Prize de 2006. [da Redação]

O LOBO DE WALL STREET
Jordan Belfort
[Planeta, 504 páginas, R$ 54,90]

Autobiografia de Jordan Belfort, jovem corretor da bolsa de valores de Nova York que ganhou milhões de dólares no mercado financeiro e viu a fortuna se esvair em mansões extravagantes e farras regadas a sexo e drogas. Após se envolver em negócios ilegais, Belfort foi preso e cumpriu pena por 22 anos. Conhecido como “o lobo” de Wall Street, o autor esperou a liberdade para contar em livro a ascensão e queda de um jovem investidor no mercado financeiro. [da Redação]
.
.

LEGADO DAS CINZAS – UMA HISTÓRIA DA CIA
Tim Weiner
[Record, 743 páginas, R$ 70]

Jornalista e repórter do The New York Times, Tim Weiner esmiuçou mais de 50 mil documentos dos arquivos da CIA, Departamento de Estado e Casa Branca para construir o perfil do mais poderoso órgão de inteligência dos Estados Unidos. Ousado e contundente, Weiner conclui que a experiência foi um fracasso que privou o país de toda a inteligência que necessitaria no futuro. Com Legado das Cinzas o jornalista venceu o Prêmio Pulitzer em 1988 e o National Book Award. [da Redação]

Sem mais artigos