Dario - Linha de Passe (Foto: Daniela Thomas/ Divulgação)

COSMÉTICA DA FOME
Mais uma vez a periferia paulista torna a ganhar as telonas com filme de Walter Salles e Daniela Thomas que relata o cotidiano de uma família pobre de Cidade Líder
Por Raphaella Spencer

LINHA DE PASSE
Dir. Walter Salles e Daniela Thomas
[Linha de Passe, Brasil, 2008]

São Paulo, cidade acinzentada, fria, seca, com muito tráfego, muito asfalto, aparentemente, sem muito espaço para histórias cheias de vida e humanidade. Não necessariamente é o que vamos ver em Linha de Passe. O novo filme de Walter Salles e Daniela Thomas explora o dia-a-dia de uma família de Cidade Líder, bairro do subúrbio paulista. Aqui, abro um parentese para falar sobre o verbo “explorar” sitado anteriormente, pois serve tanto para o sinônimo de versar sobre, quanto para uma leve sensação de “extrair de”, extrair da vida humilde, difícil e sofrida de seus personagens, o que isso tem de cinematográfico.

Linha de Passe conta a história da família de Cleuza (personagem de Sandra Corveloni, atriz mais conhecida por sua atuação no teatro com o Grupo Tapa). Mãe de quatro filhos: Dario (personagem de Vinícius de Oliveira, ator-mirim de Central do Brasil) é um jovem de 18 anos que sonha com a carreira de jogador de futebol, mas vê seu sonho chegando ao final, pois está prestes a completar 18 anos, idade máxima para a seleção das peneiras; Dinho (de José Geraldo Rodrigues) é um dos que ajudam no sustento da casa, trabalhando como frentista de posto, com uma vida toda regrada e “temente a deus” ele vive grandes conflitos entre a paz que encontra na sua fé e a coerência dessa prática religiosa com a vida dura que levam; Dênis é o irmão mais velho, trabalha como motoboy, vive a pressão de ver sua vida em risco a todo momento no trânsito de São Paulo em troca de uma grana que não compensa. Por ultimo, mas de forma alguma menos importante, já que é a atuação de Kaique de Jesus Santos, que proporciona os respiros mais agradáveis do filme está Reginaldo que vive de rota em rota em busca da figura paterna, do qual só sabe que foi motorista de ônibus.

É perceptível o amadurecimento fílmico de seus diretores e o diálogo maior entre Walter Salles e Daniela Thomas com outras filmografias recentes de diretores brasileiros, até nas escolhas de sua equipe, que conta com nomes importantes como o da preparadora de elenco Fátima Toledo, responsável por excelentes trabalhos de imersão em personagens, como os alcançados em Céu de Suely.

No filme essas escolhas acertadas ajudam a diminuir a sensação “linha do diretor rico culpado”, que fala sobre a pobreza ao seu redor. Excelentes escolhas de elenco como a sorte de encontrar um personagem pronto no adolescente Kaique de Jesus Santos, que trouxe para a tela todos os trejeitos e a malevolência de quem realmente cresceu numa periferia paulista. Além, da fotografia verossímea que nos insere nas situações às quais somos expostos, assinada por Mauro Pinheiro. Com sua câmera sensível e realista vêm dando um algo a mais a produções como Cinema, Aspirinas e Urubus, A Casa de Alice e agora como o filme em questão. Outra opção dos diretores que engrandece bastante o filme é a gravação da maioria das cenas em situações reais, todas as peneiras das quais participa Dario, realmente aconteceram, aqueles jovens são mesmo aspirantes a carreira de jogador de futebol, assim como as cenas no trânsito de São Paulo e os cultos evangélicos, realmente freqüentados por aqueles crentes.

A idéia de filmar a realidade paulista atual, surgiu ainda durante as filmagens de Diários da Motocicleta, em 2002. A intenção era refletir sobre as transformações do nosso País cerca de dez anos depois da primeira co-direção da dupla, em Terra Estrangeira (1996), filme que fala sobre paulistas e migrantes que vivem em Portugal durante a crise do governo Collor. Além disso, Linha de Passe, sob a visão dos seus diretores, guarda outra semelhança tanto com o primeiro trabalho quanto com Central do Brasil (1998), a falta da figura paterna.

NOTA: 6,0

[youtube]http://br.youtube.com/watch?v=htb3pX-6CVA[/youtube]
Trailer

Sem mais artigos