“Mountains and The Sea”, uma das obras de Antony exibidas em Londres

Ninguém duvida que Antony and The Johnsons irá atrair grande parte do noticiário indie neste início de 2009. Seu novo disco, The Crying Light, sucessor do aclamado I Am A Bird Now será lançado no dia 19 de janeiro no Reino Unido e no dia seguinte nos EUA. Agora, Antony adiciona mais ingredientes a seu hype com uma exibição de obras de arte feitas por ele.

Desde o final do ano passado, Antony Hegarty faz shows disputadíssimos em Nova York, além de entrevistas e aparições em revistas. Agora, como se o terreno já não estivesse tão preparado, o músico aumenta ainda mais o burburinho com a exposição The Creek, na galeria Isis, em Londres. Esta é a primeira exibição do artista no Reino Unido. Para este trabalho, ele colaborou com amigos antigos, entre eles a artista performática Johanna Constantine, o fotógrafo Don Felix Cervantes e o agente Joie Iacono.

Segundo o próprio Antony em seu site, as obras evocam imagens de sonho e inconsciente. Foram inspiradas nos cadernos de William S. Burroughs e Antonin Artaud. A exibição estará aberta ao público de 17 de janeiro a 28 de fevereiro.

Nessa mesma semana, chegam às bancas européias mais duas revistas com Antony na capa: a alemã Spex e a italiana Rumore.

Sem mais artigos