Obra de Lygia Fagundes Telles será discutida. (Divulgação).

Obra de será discutida. (Divulgação).

Acontece neste sábado (12) a primeira edição do Leia Mulheres no Recife. O evento tem como proposta promover, uma vez por mês, a leitura coletiva de escritoras diversas – sem restrições de nacionalidade, gênero ou cronologia. Este primeiro encontro vai debater Seminário dos Ratos, de Lygia Fagundes Telles. Será no Edf. Texas, no Centro do Recife, às 15h30, com entrada gratuita.

A ideia por trás da hashtag tem a ver com uma luta cada vez mais compartilhada de empoderar mulheres escritoras que sobrevivem a um mercado editorial com preponderância de vozes masculinas.

Escrito em 1977, o livro de contos Seminário dos Ratos aborda política opressora ditatorial intercalada por reflexões que envolvem machismo, afeto, fantasmas e botânica. A escritora paulistana reconstrói o universo assombrado, no qual o país estava inserido, dedicando-se a relatos de sujeitos em constante alerta; personagens errantes em busca de qualquer tipo de compreensão diante do pânico que vagueia entre as paisagens coletivas e individuais – não importa o período político/temporal ou localização geográfica.

leiamulheres

A partir do #readwomen2014, projeto-manifesto criado pela escritora e ilustradora britânica Joanna Walsh, surgiu, no Brasil, o clube de leitura #LeiaMulheres (www.leiamulheres.com.br). Com o intuito de promover uma maior e mais atenta leitura de escritoras diversas, o trio formado pela consultora de marketing Juliana Gomes, a jornalista Juliana Leuenroth e a transcritora Michelle Henriques iniciou a vertente brasileira do projeto, em São Paulo, no início de 2015.

Agora, mais sete cidades estão na lista do : Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza, Curitiba e, agora, Recife.

A primeira edição do clube na capital pernambucana acontece no próximo dia 12 de setembro, no Edf. Texas (Rua Rosário da Boa Vista, 163, Pátio de Santa Cruz), com entrada gratuita. O evento recifense é organizado pelas jornalistas Priscilla Campos e Carol Almeida.

Sem mais artigos