U2 não fez sucesso com usuários Apple. (Divulgação).

U2 não fez sucesso com usuários Apple. (Divulgação).

A Apple fez o lançamento do novo disco do U2, Songs Of Innocence, durante a apresentação dos novos modelos do iPhone e do aguardado Apple Watch. Apesar da grande campanha de marketing e do efeito surpresa, este não tem sido um bom momento para Bono e companhia.

Apesar do CEO da Apple, Tim Cook, afirmar que o disco tenha chegado a 500 milhões de pessoas, poucas delas se importaram em fazer o download. Distribuído de graça pelo iTunes, Songs Of Innocence apareceu sem ser solicitado nos dispositivos dos usuários. Quem quiser pode baixar as 11 faixas de graça.

Segundo a Billboard, que usa a base de dados das vendas de música nos EUA, cerca de 0,5% dos usuários baixaram o disco. Em outubro, a versão física chega às lojas e só então poderemos saber se o interesse pelo novo trabalho justificará tamanha campanha de marketing.

No Twitter, uma leva grande de usuários passou a se perguntar “who is U2” (quem é U2), mostrando que o grupo passa hoje por um período de relevância bem menor que em décadas anteriores. Claro que a audiência jovem nas redes sociais não serve como base para aferir com precisão a popularidade de algo. Esses mesmos usuários já se perguntaram quem eram Arcade Fire, Bon Iver e até Daft Punk. Mas a situação não deixa de ser cômica, levando em fato que o grupo irlandês já vendeu mais de 150 milhões de discos em todo o mundo e ter vencido 22 Grammy.

Entre a crítica musical, o disco está sendo bem recebido, com uma média de 73 no Metacritic (que reúne resenha de veículos escritos em inglês). Ao menos a experiência serviu para mostrar ao U2 que os fãs mais fiéis não estão entre os usuários Apple.

https://twitter.com/__mmxiv/status/509930060917530624

Sem mais artigos