Lana Del Rey emplacou uma polêmica ao afirmar que manteria a data marcada de apresentação em Israel, apesar de protestos e críticas quanto à atuação do País em relação à Palestina. Ela afirmou que “a música é universal” e que tocar em Tel Aviv não significava apoio ao governo israelense. Mas agora, a cantora decidiu cancelar seu show por lá.

No Twitter, Lana afirmou que acha importante tocar tanto em Israel quanto na Palestina, como forma de tratar todos os seus fãs de maneira igualitária. “Como não tem sido possível marcar as duas datas nesse espaço curto de tempo eu decidi adiar minha apresentação no Meteor Festival até que seja possível visitar tanto meus fãs israelenses quanto palestinos, bem como outros países da região”, disse a cantora no Twitter.

Veja abaixo:

Sem mais artigos