John Lydon, vocalista dos Sex Pistols, responde em comunicado oficial as acusações de racismo do vocalista da banda Bloc Party, Kele Okereke. No último sábado, 19, Okereke foi agredido fisicamente por Lydon e outras pessoas da equipe dos Sex Pistols nos bastidores de um festival na Espanha. Okereke alega racismo.

Em seu comunidado oficial o vocalista diz a confusão toda foi veio por parte de Okereke, por ciumes. “Sinto muito por um homem que precisa mentir sobre o que foi um evento perfeito”, disse Lydon. “Após o show John Lydon e o empresário continuaram nos bastidores para dar autógrafos, o que fizemos por quatro horas sem nenhum incidente e tivemos ótimos momentos conversando com outras bandas espanholas. Parece que isso despertou ciúme em algumas bandas”.

“O problema veio até nós”, continua Lydon, “resultando na retirada dos causadores pelos seguranças do festival. Estamos no meio de uma turnê maravilhosa, após 30 anos temos uma verdadeira união em nosso público. Eles são de todas as idades, raças, credos e cores. Quando você esta em um festival com bandas ciumentas, mentira e confusão geralmente acontecem”.

O vocalista do Bloc Party disse que levou o caso para as autoridades policiais da Espanha e Inglaterra. Qual o resultado da confusão ainda é incerto.

Sem mais artigos