Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

BELICISMOS MUSICAIS
Novo disco de aposta em novas sonoridades sem abrir mão de bons refrões

Por Eduardo Dias

Marcelo Jeneci segue sem abrir mão de bons refrões, ainda que neste disco o músico experimente novas sonoridades. O novo trabalho, De Graça, foi lançado no final do mês passado e pode ser ouvido gratuitamente na web. É um trabalho pop que tenta encontrar seu lugar no rol de bandas e artistas nacionais – compará-lo ao Los Hermanos seria simplório e, em certos momentos, injusto.

O disco foi produzido por Kassin com coprodução de Adriano Cintra e sai pela Slap Records, o braço indie na Som Livre – também tem incentivo da Natura Musical. Veja abaixo nosso faixa a faixa do álbum.

Alento
A música fica na cabeça, tem o ritmo acelerado e ao mesmo tempo explora melodias e ritmos em camadas e em sequências um tanto imprevisíveis.

De Graça
Primeiro single do disco. A força está no estranho refrão aliado ao teclado acelerado, ritmado numa batida rápida do coração. Uma daquelas músicas que causam danças involuntárias.

Temporal
Lembra que a natureza se encarrega de equilibrar os momentos positivos e negativos do Universo. Laura aparece para deixar a música mais delicada, suave, feminina, doce e etc.

Tudo Bem, Tanto Faz – Laura Lavieri assume os vocais e faz o seu melhor: mostra o poder e versatilidade da sua voz. Os arranjos contidos valorizam a voz de Laura.

Nada a Ver
Jeneci e Laura dividem os vocais e dão infinitas possibilidades de leituras para a canção.

A Vida É Bélica
Grande canção do disco, sendo a mais elaborada, versátil e que representa o universo autoral de Jeneci. Difícil é fugir do paredão sonoro que envolve e prende quem a ouve.

O Melhor da Vida
Música para sofrer junto, cantar junto e se emocionar completamente com a delicadeza da declaração de amor e devoção da letra.

Um de Nós
Teclado delicado que vai nos arrastando para a música até ficarmos presos em suas notas.

Pra Gente Se Desprender
Laura em sua melhor forma, mostrando todo o poder de sua voz e sua versatilidade. Interpretação memorável, talvez a melhor leitura das canções de Jeneci que ela fez.

Julieta
Uma daquelas músicas que servem para mandar SMS para o/a ex. Curta, porém direta. A naturalidade que a tristeza é tratada na música é um grande ensinamento para todo mundo.

Sorriso Madeira
Uma ótima metáfora para mostrar os encontros únicos, explosivos e eternos.

Só Eu Sou Eu
Ressalta a grandiosidade de ser diferente, único e irreprodutível. Tem um teclado meio circense que dá o ritmo da dança involuntária do corpo.

9 Luas
A música que fecha o disco é uma balada simples, onde a voz, o violão e a sanfona gently wheeps. A música é de uma delicadeza e suavidade que Jeneci sabe bem construir.

marcelo-jeneciMARCELO JENECI
De Graça
[Slap, 2013]

Nota: 8,0

Leia Mais: Marcelo Jeneci
Uma entrevista com Marcelo Jeneci, em 2012
Show no Abril Pro Rock 2013
Jeneci no Arsenal da Marinha, no Carnaval 2012

Sem mais artigos