Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Categoria: Ativismo (Página 1 de 3)

PEC 241 e outros males do governo Temer, por Laerte

cufck5fwcaa7awt-jpg-large

Desde o golpe que afastou a presidenta Dilma Rousseff, a cartunista Laerte vem denunciando todos os retrocessos que estão sendo levados a debate e votação. A PEC 241, que coloca teto nos gastos e limita investimentos em educação e saúde por 20 anos, foi uma das mais atrozes. A charge acima é bem representativa desse período e foi publicada pela autora no Twitter.

Nada a Temer, por Marcelo D’Salete

golpe3

O quadrinista Marcelo D’Salete, autor de Cumbe, usou seu desenho como forma de resistência ao governo provisório de Michel Temer.

D’Salete adaptou uma cena de Cumbe, HQ que mostra a luta de negros escravizados durante o período colonial no Brasil, para mostrar indignação ao governo que assumiu o poder através de um golpe parlamentar. A imagem foi divulgada no Facebook do artista.

Foto oficial do golpista, por Shiko

temer

O paraibano Shiko divulgou em suas redes sociais a imagem acima que registra o presidente interino Michel Temer em toda a sua obscuridade. A foto oficial do golpe na democracia brasileira.

Mais do trabalho de Shiko em seu Facebook.

Laerte convida: todo mundo no ato dia 31

laerte

Laerte Coutinho é uma das cartunistas mais importantes do Brasil. E usa sua relevância com responsabilidade: ou seja, se posiciona sobre um dos momentos mais críticos de nossa história. O desenho acima foi postado em seu Facebook e conclama todo mundo a ir à passeata contra o golpe no dia 31 de março.

A passeata pede o respeito à democracia e se posiciona contra impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Laerte já postou outras tiras sobre a crise institucional hoje no Brasil:

12512218_1031876680192666_6155473101737744515_n

1931536_1020152801365054_6811203695233380784_n

1545726_1058429110887646_8730808925219397317_n

“Fascismo está crescendo… as massas estão sendo empolgadas por uma espécie de falta de direção geral, pela manipulação da mídia e do judiciário numa clara tentativa de derrubar o governo”, disse a quadrinista em entrevista ao TV Poeira.

Quadrinhistas brasileiros e a maioridade penal

Imagem_Redu_o_da_Maioridade_penal
Uma das tiras de Dahmer sobre o tema.

Os quadrinhistas brasileiros têm sido vozes importantes contra o retrocesso representado pela redução da maioridade penal. A PEC 171 passou em votação de primeiro turno na Câmara dos Deputados nessa quarta (1º) através de uma manobra regimental do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB). Um dia antes, a proposta tinha sido rejeitada pelo plenário.

Nomes como Laerte, Angeli e Jean estão usando a grande mídia para chamar atenção para o tema e o quanto isto vai prejudicar a juventude brasileira – em especial os mais pobres e negros. Outros nomes como André Dahmer consegue bastante repercussão na interwebz com trabalhos tão tristes quanto chocantes. Fizemos uma seleção de autores que estão opinando sobre a maioridade penal. O post vai ser atualizado com novas produções em breve. Conhece alguma charge/tira legal para compartilhar? Diz aí nos comentários.

galvao
A charge de João Montanaro, publicada na Folha de S. Paulo, viralizou esta semana.

bennet
Bennet, chargista da Folha de S. Paulo, tem feito diversos trabalhos contra o retrocesso da redução da maioridade.

angeli
Angeli, na Folha de S. Paulo.

nani2
Nani.

laerte
Laerte, uma das mais vozes mais ativas sobre o assunto. Aqui na coluna Laertevisão, na Folha.

laerte2

laerte_maioridade_penal

laerte1

laerte5
As tiras acima foram publicadas na Folha de S. Paulo entre o final do ano passado e o começo deste ano. Daria para fazer um post apenas com o trabalho da quadrinhista sobre o assunto.

angeli3

Angeli tem produzido charges para a Folha de S. Paulo sobre o assunto desde 2013, como esta acima.

Erramos: Uma versão anterior deste post creditava a Jean Galvão uma tira de João Montanaro. Pedimos desculpas pela mancada.

Página 1 de 3

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017