Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: João Montanaro

Quadrinhistas brasileiros e a maioridade penal

Imagem_Redu_o_da_Maioridade_penal
Uma das tiras de Dahmer sobre o tema.

Os quadrinhistas brasileiros têm sido vozes importantes contra o retrocesso representado pela redução da . A PEC 171 passou em votação de primeiro turno na Câmara dos Deputados nessa quarta (1º) através de uma manobra regimental do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB). Um dia antes, a proposta tinha sido rejeitada pelo plenário.

Nomes como , e Jean estão usando a grande mídia para chamar atenção para o tema e o quanto isto vai prejudicar a juventude brasileira – em especial os mais pobres e negros. Outros nomes como consegue bastante repercussão na interwebz com trabalhos tão tristes quanto chocantes. Fizemos uma seleção de autores que estão opinando sobre a maioridade penal. O post vai ser atualizado com novas produções em breve. Conhece alguma charge/tira legal para compartilhar? Diz aí nos comentários.

galvao
A charge de , publicada na Folha de S. Paulo, viralizou esta semana.

bennet
Bennet, chargista da Folha de S. Paulo, tem feito diversos trabalhos contra o retrocesso da redução da maioridade.

angeli
Angeli, na Folha de S. Paulo.

nani2
Nani.

laerte
Laerte, uma das mais vozes mais ativas sobre o assunto. Aqui na coluna Laertevisão, na Folha.

laerte2

laerte_maioridade_penal

laerte1

laerte5
As tiras acima foram publicadas na Folha de S. Paulo entre o final do ano passado e o começo deste ano. Daria para fazer um post apenas com o trabalho da quadrinhista sobre o assunto.

angeli3

Angeli tem produzido charges para a Folha de S. Paulo sobre o assunto desde 2013, como esta acima.

Erramos: Uma versão anterior deste post creditava a Jean Galvão uma tira de João Montanaro. Pedimos desculpas pela mancada.

João Montanaro, 13, é o novo chargista político da Folha

, de apenas 13 anos, é o novo chargista político da Folha de S. Paulo. O jornal paulista, um dos maiores do país, realiza sua reformulação neste domingo (23), com novos cadernos e projeto gráfico e editorial atualizados. Uma das principais novidades é a estreia do cartunista João na prestigiada página 2.

Em entrevista por Gtalk, João afirmou que está feliz com o novo cargo. Ele já tinha colaborado para o jornal desenhando quadrinhos para o caderno Folhinha, voltado para leitores infantis. “É muito umportante pra mim. Vou ter que conseguir ficar no nivel”.

Sempre me impressionou o trabalho de Montanaro. Acompanhava o blog dele, o Por João, e era difícil acreditar no perfil que dizia a idade do garoto. Muita gente ainda hoje acredita que o garoto não é o autor verdadeiro de seus trabalhos. Como editor, pensei numa pauta com o garoto, escrito por Lidianne Andrade, para a Revista O Grito!. Logo depois, outros veículos escreveram sobre ele. Fiz um perfil para a Revista da Cultura, da Livraria Cultura.

Nos textos, sempre há o destaque para o olho crítico do garoto, para assuntos tão incomuns para a sua idade. A inspiração? Telejornais diários. Claro que seus colegas de escola não entendem esse menino, fã de música dos anos 1970, como Led Zeppelin.

João chegou a ter uma seção de tiras aqui na revista, onde desenhava o personagem Homem-Onitorrinco. Dá orgulho saber novidades sobre esse garoto. Ele lança uma coletânea de tiras pela editora Garimpo. Deve sair neste segundo semestre.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020