Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: Frank Miller

O encontro de Stan Lee e Frank Miller

frank miller e stan lee

Dois importantes nomes dos quadrinhos mainstream norte-americanos, e se encontraram para um papo neste final de semana em Los Angeles. A ocasião foi a comemoração dos 30 anos de , minissérie que é tida como revolucionária para o universo dos gibis de super-heróis.

Os dois quadrinistas estiveram na livraria Barnes & Noble de LA. A DC Entertainment fez o registro histórico. Na ocasião Lee saudou Miller por seu trabalho na clássica minissérie de Batman e por sua contribuição aos quadrinhos.

Apesar de serem ícones dentro da indústria dos comics, Miller e Lee são de “universos” diferentes. O primeiro é um celebrado autor da DC Comics. Além de Batman ele é conhecido por outros clássicos como 300 de Esparta e Martha Washington, além de Sin City. Já Stan Lee, criador da maior parte dos populares heróis Marvel, é hoje mais ligado às produções executivas dos filmes da Marvel Studios.

Miller está atualmente promovendo a terceira parte de O Cavaleiro das Trevas, minissérie que deve chegar ao Brasil ainda este ano pela Panini. [Foto via TheBeat]

stanlee

Alan Moore comenta opinião de Frank Miller sobre o Occupy Wall Street

Bem, é alguém cujo trabalho eu mal conferi nos últimos 20 anos. Eu pensava que as coisas de Sin City fossem misoginia reconstruída, 300 parecia ser forte homofobia “a-histórica” [não histórico] e completamente equivocada. Eu acho que provavelmente houve uma aparente sensibilidade desagadrável no trabalho de por um bom tempo. Considerando que eu não tenho nada a ver com a indústria de quadrinhos, não tenho nada a ver com as pessoas nela. Eu ouvi sobre as últimas efusões relacionadas ao Movimento “Occupy”. É o que eu esperaria dele. Sempre pareceu a mim que a maior parte do ramo de quadrinhos, se você tivesse que posicioná-los politicamente, você teria que chamá-los de “center-right”* [algo com um centrismo direitista]. O que seria o mais longe em direção ao ponto liberal do espectro que podem ir. Eu nunca estive de forma alguma, eu sequer sei se eu sou “centre-left” [um centrista de esquerda]. Eu sempre fui sincero sobre isso desde o começo da minha carreira. Então sim, eu acho que seria justo dizer que eu e temos visões diametricamente opostas sobre diversas coisas, mas certamentamente sobre o Movimento “Occupy”.

O debate continua quente. Alan Morre deu a declaração ao site Honest Publishing rebatendo as opiniões de Frank Miller sobre o movimento Occupy Wall Street, que acontece há mais de três meses nos EUA. “Acho que o movimento Ocuppy é, de certa maneira, as pessoas dizendo que elas deveriam ser aqueles a decidir quem é grande demais. É um grito de indignação moral completamente justificado, e parece estar sendo conduzido de maneira inteligente e não-violenta. Essa é provavelmente outra razão pela qual Frank Miller não esteja satisfeito. Tenho certeza que, se fossem um grupo de jovens sociopatas, com a máscara do em seus rostos, ele estaria a favor”, disse.

Miller criticou os manifestantes do movimento mês passado quando disse que eles eram “nada mais do que um bando de arruaceiros, ladrões e estupradores, uma multidão incontrolável, alimentados pela nostalgia da Era de Woodstock e falsa justiça”. Miller promove atualmente sua nova HQ, , onde um vigilante luta contra a Al-Qaeda. [Via UniversoHQ. Tradução da entrevista que abre o post pelo Melhores do Mundo]

Holy Terror, por Frank Miller

Saiu o trailer de , de . Não dei muita bola quando ele apareceu antes, mas agora volto a botar fé no material, que ao que parece deve retomar o que Miller sabe fazer melhor – narrativas de ação ultraviolentas com exagerada preocupação estética. Afinal, ele vai ficar para sempre ligado aos clássicos , 300 e Sin City.

A Legendary divulgou o teaser acima, e parece que já podemos voltar a confiar na relevância de Miller.

Frank Miller dirige comercial da Gucci

dirigiu este curta/comercial para um perfume da Gucci. Pra causar mais espanto, ainda tem Chris Evans e Evan Rachel Wood no elenco e trilha da banda Friendly Fires. O vídeo acima ainda é um preview. O filme todo estará disponível no dia 24 de agosto. E em setembro vai passar no MTV Video Awards.

Dica do The Beat.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019