Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: DC Comics (Página 1 de 4)

Warner antecipa estreia de Batman Vs Superman e anuncia novos filmes até 2020

batman2

A Warner Bros. mudou a data de Vs – Dawn Of Justice. Antes o longa estava previsto para 6 de maio de 2016, mas foi antecipado para 25 de março do mesmo ano.

Com a mudança, a Warner parece querer evitar um conflito com Capitão América 3, da concorrente Marvel Studios, que estreia dia 6 de maio.

Além de , a Warner divulgou um calendário com nove filmes baseados em personagens da . Os títulos não foram revelados, mas agora sabemos que teremos produções agendadas até 2020.

Veja:

5 de agosto de 2016;
23 de junho de 2017;
17 de novembro de 2017;
23 de março de 2018;
27 de julho de 2018;
5 de abril de 2019;
14 de junho de 2019;
3 de abril de 2020;
19 de junho de 2020.

Batman Vs Superman é a continuação de O Homem de Aço, ambos com direção de Zack Snyder. O longa é a tentativa da DC de criar um universo coeso nos cinemas como fez a Marvel Studios. A produção terá Ben Affleck como Batman e Henry Cavill como Superman, além da atriz Gal Godot como a Mulher-Maravilha.

Bill Finger, roteirista da estreia de Batman, recebe créditos pela primeira vez

Detective-Comics-27

A justiça tarda, mas não falha, já dizia aquele velho chavão. No caso da indústria dos comics norte-americanos, essa justiça pode demorar 75 anos. Foi o que aconteceu com , roteirista do Homem-Morcego, que só agora ganha créditos pela primeira aparição do herói, em Detective Comics # 27, de 1939.

A vai relançar a revista como parte das comemorações pelos 75 anos do super-herói. Nela está a história “The Case of The Chemical Syndicate”, primeira aparição de , que tem arte de e roteiro de Bill Finger. Na época, apenas Kane foi creditado pela autoria. O esquema se manteve durante todo os anos 1940, com Finger sempre esquecido.

A HQ ainda trará um remake dessa estreia, com roteiro de Brad Meltzer e desenhos de Bryan Hitch, além de uma nova história por Scott Snyder e Sean Murphy.

O relançamento de Detective Comics #75 será distribuído gratuitamente, incluindo nas plataformas digitais este mês.

DC nega uso do logo de Superman em estátua de garoto morto pelos avós

baldwin_statue.jpg.size.xxlarge.promo

Uma decisão da DC está pegando bem mal para a imagem da editora.

A empresa negou o uso do “S” do uniforme de em uma escultura feita em um homenagem ao garoto Jeffrey, fã do herói, e que morreu em decorrência dos maus tratos dos seus avós em 2002.

Jeffrey Baldwin, morto quando tinha 5 anos, era um garoto de Toronto que morreu de inanição após viver em péssimas condições de higiene e saúde. Os avós tinham a custódia de Jeffrey e de seus três irmãos, mas apenas dois eram bem cuidados.

Jeffrey e sua irmã viviam trancados em um quarto sem luz em meio a urina, fezes e sangue. Ela ainda podia ir à escola, o que ajudou a salvar a vida do irmão, pois trazia lanches que eram sua única fonte de alimentação. Os avós foram condenados pela morte do garoto em 2006.

Um homem chamado Todd Boyce decidiu no ano passado criar uma estátua em homenagem a Jeffrey, sensibilizado com essa história trágica de violência infantil. Ele contratou o artista Ruth Abernathy para realizar o serviço. Uma das fotos do menino, sem data, mostra ele feliz em uma fantasia de Superman e por isso ele foi imortalizado vestido como o herói.

A imagem é da época em que Jeffrey ainda não morava com os avós. Os pais adolescentes perderam a custódia dos filhos por não conseguiram provar na Justiça condições de cuidar das crianças.

Ao pedir permissão de usar o logo, a DC retornou com uma negativa. “A DC Entertainment, [detentora dos direitos do personagem] disse que a empresa não está confortável em ser associada ao abuso de crianças”, disse Boyce, citado pelo blog TheBeat. A recusa gerou muitas críticas negativas à DC nas redes sociais.

A solução encontrada por Boyce foi usar a letra “J”, de Joffrey, no lugar de “S”, de Superman.

Foto via TheStar.

baldwin-statue-_fran

Superman entra em nova fase, com desenhos de John Romita Jr.

superman

Chegou esta semana às lojas de quadrinhos dos EUA a nova fase de desenhado por John Romita Jr.

Depois de décadas desenhando para a Marvel, Romita Jr, filho de um dos maiores artistas de todos os tempos, passa a ilustrar um novo momento para o Homem de Aço. A expectativa é enorme já que 1) é o Superman, um dos personagens mais famosos do mundo e bastião do que representa o gênero “super-heróis” para a indústria dos comics nos EUA e 2) o personagem entra em uma nova fase, com mudança de visual e entrada de novos vilões.

Além disso, desde que a iniciou sua radical reformulação conhecida como “Novos 52”, Superman foi o herói que mais teve atribulações em seus títulos. A mais importante foi a saída do escritor e desenhista George Pérez, que alegou interferências editoriais em seu material, além de uma recepção morna por parte dos críticos e fãs.

Agora, a DC aposta alto nessa nova fase, que se inicia na edição 32 da revista. O roteiro é de Geoff Johns, responsável por títulos importantes na editora, como a Liga da Justiça. No novo arco, Superman/Clark Kent está tentando voltar ao jornalismo por iniciativa de seu ex-colega Perry White e encontra um novo vilão, o misterioso Ulysses. A edição pode ser comprada digitalmente, mas a Panini deve lançar a versão brasileira em breve no título mensal do herói publicado por aqui.

Veja os previews:

superman2

Superman32cvp3

Superman32cvp2

Superman32cvp1

Curta comemora 75 anos de Batman

A animação : Strange Days foi disponibilizada online. O desenho-animado foi criado por , que ao lado de , foi o responsável pela clássica série do personagem nos anos 1990 (no Brasil fez sucesso no SBT).

Strange Days faz parte das comemorações pelos 75 anos do Homem-Morcego. O curta em preto e branco se passa em 1939, ano da primeira aparição de Batman. O desenho passou nos EUA no canal Cartoon Network.

first-look-at-bruce-timms-animated-batman-short-strange-days-social

Página 1 de 4

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019